Você está aqui

Visitantes norte-americanos promovem oficinas lúdicas para crianças da LBV

Michael Anthony e Phedra Cileen vieram ao Brasil em missão humanitária e escolheram a LBV para apresentar um pouco da cultura afro-americana para crianças atendidas.

O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, é uma forma de ressaltar a luta contra à discriminação racial, valorizando um povo que contribuiu fortemente para a formação social, histórica e cultural do nosso país.

Ingrid Alves

Michael e Phedra assistiram a apresentações de flauta e percussão, produzidas pelas próprias crianças com materiais recicláveis. O momento foi de grande descontração. Os convidados não resistiram e se renderam ao som dos pequenos.

Para celebrar a data, o Centro Comunitário de Assistência Social Idalina Cecília de Paiva, Unidade da Legião da Boa Vontade em Lauro de Freitas/BA, recebeu, nessa quinta-feira, 22, a visita de Michael Anthony e Phedra Cileen, dos Estados Unidos. Eles vieram ao Brasil em missão humanitária e escolheram a LBV para conhecer e apresentar um pouco da cultura afro-americana para crianças atendidas.

A visita faz parte do programa Blue Heart Ambassador (Embaixador Do Coração Azul), criado pela LBV dos EUA com o objetivo de promover intercâmbio com jovens e adultos norte-americanos que queiram ajudar em ações humanitárias nos países em que a LBV está presente.

Na oportunidade, Phedra, que é cabeleireira, ensinou a garotada a usar turbante, um dos adereços mais conhecidos da cultura negra. Após a atividade, a visitante fez questão de colocar uma coroa de princesa em cada uma das meninas, reforçando a importância de se aceitar e ter a autoestima elevada.

Ingrid Alves

Os norte-americanos Michael Anthony e Phedra Cileen vieram ao Brasil em missão humanitária e escolheram a LBV para conhecer e apresentar um pouco da cultura afro para as crianças atendidas.

“As meninas estavam muito interessadas em aprender e fazer o proposto pela oficina. O brilho no olhar dessas crianças mexeu muito conosco. Sabemos que, se não fosse na LBV, elas nunca iriam aprender tanto, especialmente o ato de compartilhar, que todas elas fizeram de bom grado. Sentimos perfeitamente o amor e gratidão delas em passar essa tarde conosco. É isso o que nós dois vamos levar daqui”, disse.

Já Michael, professor de Artes, desenvolveu uma divertida oficina de desenho, ensinando os participantes do programa Criança: Futuro no Presente! a personalizarem bonés. Ele ainda entregou a cada atendido um kit cheio de acessórios artísticos.

“Fiquei tocado com um garotinho que customizou o boné e disse que queria que eu levasse o dele para os EUA. Eu me senti extremamente tocado com aquela situação. Para uma criança abordar do nada um completo estranho e realizar um gesto tão amigável como esse, me faz pensar que a LBV está realizando um trabalho fantástico com essas crianças e com as famílias delas. Essas crianças nos presentearam com a alegria delas”, disse Michael, emocionado.

Ingrid Alves

Michael, professor de Artes, desenvolveu uma divertida oficina de desenho com os atendidos.

Durante a visita, os norte-americanos ainda percorreram todos os espaços da Unidade socioassistencial da LBV, conhecendo a brinquedoteca, auditório, escovódromo, salas de atividades e o refeitório. Durante o tour, Phedra e Michael foram homenageados com apresentações de flauta e percussão, produzidas pelas próprias crianças com materiais recicláveis.

“Essa visita trouxe um retorno muito positivo para as crianças. Todos os dias, aqui na LBV, trabalhamos a questão da autoestima, da gordofobia, do racismo, então ter pessoas de fora falando para eles sobre esses assuntos é extremamente enriquecedor. Todo material que a Phedra trouxe agregou ao que a gente já vinha trabalhando com as elas”, disse Rita de Cássia, assistente social da LBV.

Sobre a visita, Michael finalizou: “Para todos, eu indicarei agora que procurem organizações como a LBV, que faz e proporciona um trabalho tão profundo e renovador. Queremos mostrar aos nossos amigos que se interessam no serviço voluntário, e são muitos, a acessibilidade que é estar num ambiente tão favorável ao crescimento pessoal como esse centro. A mensagem que fica é: compartilhem. Tragam o que vocês tiverem e recebam o carinho e amor que essas pessoas tem para oferecer”.

Em Lauro de Freitas, BA, o Centro Comunitário da Instituição está localizado Rua Prof. Theocrito Batista, s/n, Itinga, anexo ao Centro de Atendimento Integrado à Criança e ao Adolescente (Caic). Conheça e colabore, ligue: (71) 3288-6149.