Você está aqui

Para a LBV, não existem barreiras quando o assunto é valorização étnica e racial

As crianças e adolescentes aprendem e colocam em prática o respeito ao próximo valorizando todas as culturas

Campinas, SP — A Legião da Boa Vontade tem seu trabalho de qualidade reconhecido no Brasil e no exterior. As iniciativas solidárias desenvolvidas com famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social têm comovido todos aqueles que acreditam que é possível transformar a realidade desse mundo para melhor com amor e dignidade. A Instituição não mede esforços quando o assunto é a valorização integral do ser humano e de seu espírito eterno.

César Faria

O sr. Gonçalo Francisco Lima recebeu o carinho das crianças da LBV.

Independentemente da nacionalidade, na LBV, o respeito por todos é igualmente intenso, graças a essa conscientização irrestritamente ecumênica. E a boa acolhida, atribuída pelas meninas e meninos atendidos ao angolano Gonçalo Francisco Lima, na ocasião em que visitou a unidade socioassistencial é prova disso. O arquiteto, filósofo e gestor financeiro, natural da capital Luanda, explicou às crianças e aos adolescentes um pouco de sua rica cultura e apresentou alguns objetos originários do país africano, como peças de seu vestuário e uma nota em dinheiro.

César Faria

Trabalho sobre a culinária Africana realizada pelos meninos e meninas atendidos pela LBV.

O curioso é que a Instituição tinha finalizado seu projeto socioeducativo intitulado "Fuzarca na África", que trabalhou junto à garotada os costumes do povo africano. A educadora social Bárbara Moura comenta um pouco sobre a ação. "Os pequenos se interessaram muito pelas atividades propostas. Eles conheceram várias histórias, a culinária, o artesanato, as danças e outros elementos que fazem parte da cultura dos africanos, e isso foi muito enriquecedor para todos eles, que puderam viajar imaginariamente por esse continente tão valoroso".

César Faria

Trabalho realizado pelos meninos e meninas da LBV (na unidade DIC) durante a esposição dos trabalhos da Oficina de Arte e Cultura que falou sobre a Cultura Africana.

Os objetos produzidos pelas crianças foram expostos no Centro Comunitário da LBV. O senhor Lima pôde apreciar o talento dos artistas mirins. Contente com o que presenciou na LBV, destacou: "A Legião da Boa Vontade é uma Instituição única, e fico muito feliz de conhecer esse maravilhoso trabalho. Gostei do Ecumenismo que prega para as crianças, e isso faz da Entidade algo especial".

César Faria

Crianças felizes por aprender um pouco sobre a cultura africana.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Campinas, SP, o Centro Comunitário de Assistência, da LBV, está localizado na Rua Tarsila do Amaral, 10 — Bairro Jardim Profilurb. Telefone: (19) 3224-3033. A cidade também atende famílias de baixa renda em seu Centro Comunitário de Assistência Social localizado na Rua Professora Maria Cecília Tozzi, 391 — Vila Rica. Telefone: (19) 3227-3888.