Você está aqui

Oficinas de música desenvolvem habilidades nas crianças da LBV

A iniciativa contribui para o bem-estar dos participantes, para a inclusão social e para o protagonismo infantil.

Fortaleza/CE — Estudos apontam que ouvir música torna as pessoas mais felizes, além de trazer benefícios para o corpo e para mente.

Diante disso, a Legião da Boa Vontade (LBV) promove, em seu Centro Comunitário de Assistência Social na capital cearense, oficinas de música voltadas para crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos, atendidos no Criança: Futuro no Presente!. A iniciativa contribui para o bem-estar dos participantes, para o desenvolvimento de habilidades, para a inclusão social e para o protagonismo infantil.

Os integrantes das oficinas aprendem técnicas de canto, tocam percussão, como o cajon, a bandeirola, o pandeiro, o agogô e o triângulo, além de instrumentos de corda e de sopro. A vivência com a música desperta e potencializa talentos.

Stella Souza

Fortaleza,CE – Os integrantes das oficinas aprendem técnicas de canto, tocam percussão, além de instrumentos de corda e de sopro.


Para o educador musical da LBV, Antônio Willian, a música é uma terapia: “A interação da criança com o instrumento é uma porta para perder a timidez, aprimorar a percepção auditiva escutando sons com mais abrangência, além de melhorar a coordenação motora e auxiliar na memória, tornando o raciocínio mais rápido”.

A música também impacta na formação da personalidade da criança a partir de melodias que apresentem mensagens de valores no bem, com temas edificantes, principalmente no canto coral. “Para as crianças mais agitadas os instrumentos e o canto são formas também de tranquilizá-las”, completa o educador musical.

Esse trabalho busca resgatar em cada atendido a sua autoimagem, levar conhecimento, troca de experiência, e apresentar a eles compositores. O atendido Victor Oliveira, de 15 anos, destacou como a música pode transformar a sua vida: “Gosto de todos os instrumentos que eu toco. O meu preferido é a meia lua (bandeirola). Desde que comecei a fazer parte da oficina eu percebi que uma vontade maior de aprender crescia em mim, minha rapidez de raciocínio melhorou demais. Eu acredito que no futuro posso ser um flautista profissional e ter uma vida melhor”, disse.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! O Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, fica na Rua Alziro Zarur, 275 - Vila Manoel Sátiro. Telefone (85) 3484-3533.


*Texto feito por Suyane Oliveira.