Você está aqui

No fim de 2021, sua doação alimentou mais de 15 mil baianos

Prestação de contas: campanha de Natal da LBV entregou quase 77 toneladas de alimentos em dez cidades.

A LBV percorreu, em dezembro de 2021, o extenso território baiano para apoiar famílias que foram prejudicadas pela pandemia do novo coronavírus, entrando em situação de insegurança alimentar grave.

A sua doação possibilitou com que fossem distribuídas quase 77 toneladas de alimentos não perecíveis, impactando positivamente mais de 15 mil baianos.

Nosso Roteiro Solidário visitou dez cidades:  Salvador, Itabuna, Lauro de Freitas, Curaçá, Feira de Santana, Ipirá, Juazeiro, Santo Antonio de Jesus, Sobradinho e Uauá.

Só em Salvador, onde a LBV mantém duas unidades, nos bairros Bonocô e Ribeira, mais de 34 toneladas em doações foram entregues, contemplando quase duas mil famílias e alimentando mais de sete mil soteropolitanos.

Na reportagem a seguir, você pode acompanhar uma dessas entregas na capital baiana.


Agora, queremos compartilhar alguns relatos que também comprovam a importância de seu gesto solidário. Graças à sua ajuda, essas pessoas tiveram um fim de ano mais feliz e farto, com comida na mesa e a certeza de que entrariam em 2022 sem fome.

“Se tem almoço, não tem janta”, revela moradora do sertão baiano

A fala acima é de Sebastiana Ferreira da Silva, mãe de uma menina e grávida de mais um filho, e revela o dia a dia da família depois que o esposo ficou desempregado. Uma realidade comum no povoado de Manga II, onde Sebastiana mora, e nas cinco outras comunidades atendidas, as quais, em 7 de dezembro, foram contempladas com seis toneladas de alimentos: Baraúna, Cruz I, Marruá e Goiabeiras I e II, todas situadas no município de Juazeiro, no norte da Bahia.

Anderson Silva

   

Nesses locais, a fonte de renda dos moradores vem da carvoaria e da plantação de cebola e melão, e a maioria está tendo grande dificuldade de arranjar trabalho, por conta da pandemia.

“Tem dia que amanhece e não tem café. Às vezes, se tem almoço, não tem janta. A minha filha quando quer um leite, uma bolacha, pede para eu ir à venda [comprar], e eu falo que não posso. (...) Eu já estava preocupada que ia chegar o Natal e não teria nada para colocar à mesa, mas agora, graças a Deus e à LBV, terei.”

A Caravana Solidária deixou Juazeiro e seguiu visitando as cidades de Sobradinho, Curaçá e Uauá, entre os dias 8 e 10 de dezembro, quando pôde entregar mais de 22 toneladas de doações.

“A LBV é sobrenatural, porque tem nos apoiado em todos os sentidos"

Emmanuel Zarur

    

Em Lauro de Freitas, cidade situada na região metropolitana de Salvador, foram quase três toneladas em doações, 520 sorrisos e 130 lares esperançosos por ter a alimentação garantida no Natal.


Uma dessas famílias é a de Verônica de Jesus, mãe de Helena, de 1 ano e cinco meses, Lara, de 7, e Diogo, de 10, beneficiados diversos serviços da LBV.

“A LBV, para mim, é fundamental, porque meu filho é hiperativo. No meio dessa pandemia, quando as escolas estavam paradas, a Instituição vinha elaborando atividades. A LBV é sobrenatural, posso dizer isso, porque tem nos apoiado em todos os sentidos, com cestas de alimentos, materiais de limpeza e de higiene, máscaras para proteger a nós e aos nossos filhos, que recebemos durante todo o ano. A única palavra que tem para resumir é gratidão.”

Esses depoimentos foram publicados originalmente na revista BOA VONTADE nº 267, de janeiro de 2022. Para ler outros conteúdos desta edição, basta clicar aqui.

A sua doação proporcionou um Natal mais feliz, sem fome e digno milhares de famílias baianas. Por isso, agradecemos a você e desejamos que essa conexão siga cada vez mais forte, enaltecendo um único sentimento: o amor ao próximo.