Você está aqui

LBV retorna à Ocupação Bubas

Revertida em cestas de alimentos e kits de limpeza, a sua doação foi entregue na maior ocupação urbana do Paraná.

A LBV voltou a Foz do Iguaçu para entregar mais benefícios aos moradores de Bubas, a maior ocupação urbana do Paraná.

Confira como foi a primeira entrega na região.

Pedro dos Santos Radi

   

Desta vez, a ação solidária distribuiu cestas de alimentos e kits de higiene e limpeza a cem famílias que foram profundamente afetadas pela pandemia. Elas vivem sem saneamento básico, água tratada e energia elétrica, impossibilitando os cuidados básicos com limpeza e higiene, tão importantes no combate ao novo coronavírus.

Ao todo, foram entregues mais de DUAS TONELADAS em doações — o maior atendimento realizado pela LBV no local.

Pedro dos Santos Radi

   

Os itens alimentícios e os produtos de limpeza foram arrecadados no Drive-thru Solidário, realizado no início do mês, por intermédio da campanha Juntos contra a Fome, da RPC. Esta iniciativa também contou com o apoio do Instituto GRPCOM, Jornal Tribuna do Paraná e das rádios 98FM e Mundo Livre FM. 

As doações recebidas pela live solidária promovida por Abel Chang, ex-MasterChef, também foram revertidas em cestas de alimentos e entregues, pela LBV, aos moradores de Bubas.

Pedro dos Santos Radi

    

A TV Naipi, que pertence à Rede Massa (repetidora do SBT no Paraná), fez a cobertura desta entrega, assim como a RPC TV (da TV Globo), que divulgou imagens do evento durante a programação do Jornal do Meio Dia - Foz do Iguaçu. Além disso, os principais sites da cidade também repercutiram a entrega: GDia, 100Fronteiras e Portal da Cidade. A Transamérica Foz, além de divulgar em seu portal, também fez a divulgação na emissora de rádio.

Agradecemos imensamente a todos os parceiros que participaram desta mobilização solidária.

E a você, que diz "SIM!" à LBV, saiba que a sua doação mensal é fundamental para que este importante trabalho emergencial continue em todo o Brasil.

Desde março de 2020, quando a pandemia foi declarada, a LBV intensificou seu trabalho humanitário, atuando em favor de populações de zonas rurais, comunidades quilombolas, aldeias indígenas, assentamentos e favelas, que integram minorias étni­cas e sociais e estão mais suscetíveis ao novo coronavírus.

Este atendimento emergencial é complementado pelas atividades lúdicas e educativas promovidas pela LBV de forma remota, pelo celular.

Pedro dos Santos Radi