Você está aqui

LBV promove atividades inclusivas e propaga Cultura de Paz

As dinâmicas ressaltaram o papel dos demais cidadãos para a inclusão de pessoas com algum tipo de deficiência física.

Maringá, PR — Na Legião da Boa Vontade (LBV), as crianças e os adolescentes aprendem que é preciso respeitar as diferenças, a fim de propagar a Cultura de Paz em nossa sociedade. Para reforçar esse trabalho, a Instituição realizou, no último mês, uma oficina lúdica especial que promoveu uma série de atividades esportivas inclusivas. A ação mostrou aos pequenos as dificuldades enfrentadas por quem tem algum tipo de deficiência física ou mobilidade reduzida, ressaltando o papel dos demais cidadãos para a inclusão social dessas pessoas.

Construa um Brasil melhor; AJUDE A LBV!

Vilma Araújo
As crianças realizaram um circuito esportivo inclusivo e precisaram contar com o apoio de outro colega para cumpri-lo.

As dinâmicas foram realizadas com o objetivo de estimular os cinco sentidos — audição, tato, visão, olfato e paladar —, imprescindíveis para a compreensão do ambiente e circunstâncias. Na “ausência” de um deles, a criança buscava, com o apoio dos colegas, outras formas de interação. “Devemos estar preparados para receber e conviver com pessoas com deficiência, qualquer pessoa merece ser acolhida”, contou Eber Felipe, de 12 anos.

+ Conheça nossas ações na cidade de Maringá, PR

“O objetivo é contribuir para a formação do cidadão na sociedade, promovendo união, amizade, cooperatividade, bem como o respeito ao próximo. As crianças e os adolescentes tinham dificuldade de compreender o que significa ser deficiente. Por isso, essas experiências permitem que eles percebam melhor as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência”, disse o educador social Willian Aparecido Dias Silva.

Vilma Araújo
A atividade suscitou nos pequenos a Cultura de Paz, destacando que é preciso respeitar as diferenças.

“Acredito que podemos aprender muito com uma criança que tem uma deficiência ou mobilidade reduzida, podemos brincar e sorrir juntas”, afirma Luana Luiza, 11 anos.

Após vivenciarem essas experiências, os pequenos aprenderam a importância do trabalho em grupo, desenvolvendo ainda a disciplina e atitudes necessárias para a integração social. “A atividade foi muito importante, aprendi sobre o universo das pessoas com deficiência. Com meus olhos vendados, fiz várias atividades com o auxílio de um colega. Aprendi como é importante o outro na nossa vida”, disse Laodicéia Vitória, de 13 anos.

Em Maringá, PR, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua Peroibe, 338 – Parque das Grevíleas III. Para outras informações, ligue: (44) 3263-2316.

LEIA TAMBÉM:
Paratleta Deyverson Souza discute o esporte como ferramenta de inclusão social
Jovem supera limitações físicas e dá primeiros chutes para a mudança