Você está aqui

LBV promove atividade artística para celebrar o Dia da Consciência Negra

Na Instituição, crianças, adolescentes e adultos aprendem que é preciso respeitar às diferenças, rejeitando qualquer tipo de preconceito.

São José, SC — O mundo seria bem estranho se todos pensassem da mesma forma ou gostassem das mesmas coisas, né? Por isso, na Legião da Boa Vontade (LBV), crianças, adolescentes e adultos aprendem que é preciso respeitar às diferenças, rejeitando qualquer tipo de preconceito. 

E esse trabalho foi intensificado na última sexta-feira, 20, durante as comemorações do Dia da Consciência Negra. Na oportunidade, os integrantes dos programas socioassistenciais da Entidade trabalharam o tema por meio de oficinas lúdicas e culturais, que incluiu atividades musicais, aulas de artesanato e exposição.

Derli Francisco
Na Oficina de Artesanato, os participantes aprenderam a confeccionar uma boneca abayomi, que tem origem africana.

Numa das atividades, os atendidos aprenderam a confeccionar uma boneca abayomi, construída com retalhos de tecido. A história conta que esses objetos foram trazidos ao Brasil nos navios que transportavam os escravos da África. Após a confecção, a assistente social da LBV Kreize Fernanda de Souza Machado pediu que cada participante entregasse o brinquedo a algum colega do grupo. “Quando você dá uma abayomi para alguém, significa que você está oferecendo o que você tem de melhor para essa pessoa”, explicou.

+ "Formando Cérebro e Coração": conheça nossa linha educacional

As atividades foram acompanhadas pelo presidente da Associação Cultural Quilombo, sr. Joe Passos. Ele deu sua contribuição ao projeto especial e ministrou uma aula sobre os Quilombolas — com foco em Zumbi dos Palmares — e transmitiu importante mensagem contra o racismo e o preconceito. “Estou muito feliz por estar aqui na LBV fazendo o que eu gosto e rogo a Deus que essas ações da LBV se perpetuem, para que tenhamos um mundo melhor e mais feliz, pois esse trabalho da LBV nos dá um título de Ser Humano”.

Derli Francisco
O presidente da Associação Cultural Quilombo, sr. Joe Passos, ministrou uma palestra para os atendidos, convidando-os a combater o preconceito.

Trabalhamos em cada grupo de atendidos essa questão e hoje reunimos todos para um debate mais amplo, enfatizando o respeito às diferenças e evitando o preconceito e o racismo”, comentou Kreize Fernanda.

Em São José, SC, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Avenida das Margaridas, 12 — Serraria. Para outras informações, ligue: (48) 3258-7596.

LEIA TAMBÉM:
Preconceito, não! Na LBV, crianças e adolescentes discutem o respeito às diferenças
Peça teatral demonstra importância de respeitar as diferenças