Você está aqui

LBV desenvolve o autocuidado e a qualidade de vida nos idosos

Por meio do programa Vida Plena, a Instituição desenvolve a autonomia, a socialização e o fortalecimento de vínculos em seus atendidos.

São Luís/MA — A chegada da terceira idade representa diversas mudanças emocionais e sociais, além de alterar a maneira como o idoso se relaciona consigo mesmo e com os outros. Essa nova perspectiva surge, muitas vezes, com o pensamento de que a pessoa idosa é inapta a fazer qualquer coisa, e esse olhar equivocado acaba ocasionando algumas consequências, como o afastamento do idoso daquilo que ele costumava fazer ou então o distanciamento dos familiares e amigos.

Vale ressaltar que envelhecer não quer dizer que a pessoa deve se excluir da sociedade, muito pelo contrário, o processo de envelhecimento significa que é tempo de adquirir novos conhecimentos, experimentar coisas inusitadas, realizar atividades que agreguem coisas boas e etc.

Diante disso, a Legião da Boa Vontade (LBV) promove, em seu Centro Comunitário de Assistência Social, o atendimento e acompanhamento para cerca de cem idosos com idade igual ou superior a 60 anos. Por meio do programa Vida Plena, a Instituição desenvolve a autonomia, a socialização e o fortalecimento de vínculos, além de contribui para a inserção sociocultural e a consolidação da cidadania de idosos.

Jeorlan Froz

São Luís, MA — O Vida Plena tem o objetivo de oferecer aos atendidos, atividades para que possam se expressar, trocar experiências, gerar conhecimento, trabalhar a autoimagem e os direitos da pessoa idosa,

A assistente social da LBV, Thalyne Falcão, ressaltou positivamente sobre o trabalho realizado: “Nas atividades desenvolvemos rodas de conversa, dinâmicas, palestras, filmes para estimular o autocuidado físico e emocional. O objetivo das atividades é contribuir para o envelhecimento saudável e para o convívio comunitário que na maioria dos casos é inexistente”.  

Na capital maranhense, a procura pelo programa da LBV é muito alta. A atendida Delza de Jesus, de 69 anos, participa do Vida Plena desde maio de 2017 e destacou o seu entusiasmo: “Me sinto acolhida, valorizada e amada, porque em casa eu fico sozinha. É um divertimento, fazemos muitas brincadeiras, atividades e danças. Eu gosto muito, aqui sou feliz”.

Jeorlan Froz

São Luís, MA — Por meio do Vida Plena, a LBV desenvolve a autonomia, a socialização e o fortalecimento de vínculos dos idosos. 

Os idosos que buscam esse atendimento, em sua maioria, sofrem com a solidão. “As atividades desenvolvidas proporcionam para o idoso um novo olhar para esse momento do envelhecimento, quebra o paradigma de acreditar que ‘porque estou envelhecendo não tenho mais esperança de futuro’. Então, nesse processo eles veem outras possibilidades de aproveitarem o tempo para eles mesmos”, afirma a psicóloga da LBV, Alexssandra Pinto.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! O Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, fica na Rua Catulo da Paixão Cearense, 74 – Vila Passos. Telefone: (98) 3414-1428.


*Texto feito por Suyane Oliveira. 
**Com informações do site Minuto Saudável.