Você está aqui

LBV ameniza impactos da pandemia no sudoeste de Minas

FOTOS: Entidade entrega cestas de alimentos não perecíveis a famílias atendidas na cidade de São Sebastião do Paraíso.

O desemprego é um dos muitos prejuízos gerados pela pandemia do novo coronavírus. Em São Sebastião do Paraíso, por exemplo, muitas fábricas reduziram seu quadro de funcionários e, na zona rural, o trabalho humano vem sendo substituído por máquinas.

Sem renda, as populações de baixa renda do município enfrentam dificuldades neste momento — até mesmo para se alimentarem.

Ciente disso, a LBV intensificou seu trabalho solidário, entregando, desde o início da crise sanitária global, cestas de alimentos não perecíveis às famílias atendidas por seu Centro Comunitário de Assistência Social. Na galeria abaixo, você pode conferir um pouco destas entregas.

Vale destacar que esta ação emergencial abrange todo o território nacional.

Localizado no sudoeste mineiro, São Sebastião do Paraíso tem, como principal atividade econômica, a produção de café. Ela responde por uma considerável parcela da cultura nacional de cafés finos, sendo exportado para países como Japão e Itália.

A crise do setor agropecuário — que, na cidade, também inclui a produção de leite, a fruticultura, de grãos e outros — foi agravada pelo avanço do novo coronavírus. E o resultado disso, como já destacamos, foi o corte de empregos.

“As famílias atualmente se encontram desempregadas, privadas da sociedade. Muitas delas estão sobrevivendo com os auxílios do governo, a falta dos recursos financeiros tem refletido na falta dos alimentos no lar e também de medicações”, comentou a assistente social Cícera Aparecida Couto, da Entidade.

Até o momento, foram entregues mais de duas toneladas de alimentos, graças à doação dos colaboradores.

Você ajuda, a LBV faz!