Você está aqui

LBV: há 65 anos oferecendo oportunidades para uma vida melhor

Somente em 2014, foram 11,8 milhões de atendimentos e benefícios; em 2015, faremos muito mais com a sua ajuda!

Fundada em 1º de janeiro de 1950 (Dia da Confraternização Universal e da Paz Mundial) pelo jornalista, radialista, escritor e poeta Alziro Zarur (1914-1979), a Legião da Boa Vontade protagonizou pioneiramente o ideal do Ecumenismo sem fronteiras, iniciando um trabalho com base no conceito vanguardeiro de Caridade Completa (que significa empreender ações que atendam às necessidades do corpo e, principalmente, as da Alma). Esta Instituição sexagenária, que “nasceu para amar e ser amada”, no dizer de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto, trouxe ao mundo uma mensagem de Paz e união sem igual.

O auxílio às famílias brasileiras começou antes mesmo do surgimento da Organização, no fim da década de 1940, com a popular Sopa dos Pobres, também conhecida como Sopa do Zarur. Pouco tempo depois, quando o mundo ainda vivia sob as sombras da Segunda Guerra Mundial, o fundador da LBV convocou, do auditório da Emissora da Boa Vontade (antiga Rádio Mundial), a população brasileira para um novo enfrentamento. Pelas ondas sonoras declarou "a guerra mundial contra a fome".

O pedido foi prontamente aceito pelos Legionários da Boa Vontade. E a madrugada de 1º de setembro de 1962, um sábado, entraria para a história da Instituição. Nascia a Ronda da Caridade, um dos mais antigos programas sociais da LBV. “Nós saíamos pelas ruas e praças com um jipão que tinha servido ao Exército brasileiro na segunda guerra, e ali estava enfrentando a guerra da fome. Foram momentos transformadores nas nossas vidas”, lembra o diretor-presidente da Instituição, José de Paiva Netto. O dirigente participou da primeira Ronda da Caridade, fazendo os registros do atendimento prestado pela Legião da Boa Vontade.

Arquivo BV
No destaque, o jovem Paiva Netto, que participou desde a primeira Ronda da Caridade, em 1º de setembro de 1962. Na foto, o jovem promissor jornalista faz a cobertura do atendimento prestado pela Legião da Boa Vontade. A Ronda é uma atividade da Campanha Permanente da LBV contra a fome, lançada no fim da década de 1940, com a popular "Sopa dos Pobres", também conhecida como "Sopa do Zarur".

Mais que o amparo material, o programa também confortava espiritualmente o cidadão, ajudando-o a desenvolver suas habilidades para que obtivesse o próprio sustento.  Além da refeição, passou a incluir, em sua benemérita ação pelas madrugadas, outros gêneros alimentícios e roupas, pequenos atendimentos de enfermaria, corte de cabelo e barba, sempre com a indispensável palavra dirigida à Alma, marca da Instituição.

Com o passar do tempo, a Ronda da Caridade tornou-se uma importante ferramenta de inclusão social. Posteriormente, já sob a administração de Paiva Netto, com o advento da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), o programa naturalmente se integrou aos parâmetros estabelecidos. No Brasil, ela se multiplicou nos diversos programas socioeducativos da Instituição, que conta com 79 unidades em todo o País, dentre Escolas, Centros Comunitários de Assistência Social e Lares para idosos.

Todo o trabalho da LBV visa à aquisição do conhecimento de seus direitos e deveres, à percepção de oportunidades e ao aperfeiçoamento das práticas comunitárias, com vistas a melhorar a qualidade de vida coletiva, de forma a promover a inclusão. Por isso, a Entidade conclui um ano repleto de boas realizações: em 2014, a LBV realizou cerca de 11, 8 milhões de atendimentos e benefícios; entregou 17.000 kits de material escolar e pedagógico, por meio da campanha Criança Nota 10 – Proteger a infância é acreditar no futuro; e distribuiu mais de 50 mil cestas de alimentos, com campanha Natal Permanente – Jesus, o Pão nosso de cada dia, em todo o território nacional.

PRESENTE ONDE O POVO PRECISA!
Apostar no Ser Humano desde a mais tenra idade. Esse é um dos objetivos da LBV. Por isso, a Instituição investe no futuro de milhares de crianças e adolescentes. O apoio não cessa com o passar dos anos. Para amparar jovens e adultos, a Instituição oferece programas sociais que preparam para a entrada, permanência e reinserção no mercado de trabalho, promovendo a inclusão social.

rgb(249, 246, 246);">A LBV acredita e investe no futuro de milhares de crianças e adolescentes, oferecendo atendimento em suas Escolas, onde recebem educação de qualidade em período integral; e nos seus Centros Comunitários de Assistência Social, onde elas têm a oportunidade de participar de atividades culturais, artísticas e esportivas.

E por reconhecer o importante papel da mulher para as famílias, a LBV desenvolve programas que as capacitam para a geração de renda, o aprendizado, à troca de experiências, à melhoria da autoestima e o cuidado consigo e com a família. Com isso, contribui para que superem a pobreza, a fome, o isolamento, a violência doméstica e outros desafios, em busca de uma vida melhor. Para os idosos, a LBV garante seus direitos e contribui para um processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo, por intermédio de seus programas sociais ou acolhendo em seus abrigos — os lares da LBV para jovens da melhor idade.

Sob o seu comando, a LBV ampliou e construiu inúmeras unidades socioeducacionais, entre escolas, lares para idosos e Centros Comunitários de Assistência Social, que oferecem educação infantil, ensino fundamental, médio e EJA — Educação de Jovens e Adultos, além de cursos profissionalizantes a milhares de adolescentes e adultos de comunidades em situação de risco social em todo o Brasil. Em todas essas Unidades, a LBV aplica, com sucesso, a revolucionária linha educacional que ele também criou: a Pedagogia do Afeto (direcionada às crianças de até 10 anos de idade) e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico (que contempla a aprendizagem a partir dos 11 anos de idade), formando cérebro e coração.

O ideal de Boa Vontade inspira ainda a bem-sucedida atuação da LBV da Argentina, da Bolívia, dos Estados Unidos, do Paraguai, de Portugal e do Uruguai, nas quais as atividades são mantidas graças a doações da população em cada local.

APOIO IMEDIATO EM SITUAÇÕES DE CALAMIDADES

Nathália Valério
Com o SOS Calamidades, a LBV, em parceria com órgãos oficiais, mobiliza voluntários dos diversos setores da sociedade e promove ações emergenciais em favor de comunidades afetadas por secas, enchentes, entre outros desastres naturais. Entre as ações realizadas, estão: arrecadação, triagem e entrega de itens de primeira necessidade, como alimentos não perecíveis e de pronto consumo, colchões, roupas, calçados, utensílios domésticos, fraldas, água potável etc., além de uma primeira prestação de socorro e conforto às famílias.

65 ANOS DE HISTÓRIA E O OLHAR NO FUTURO!
O trabalho solidário da LBV não para de crescer. Em 2015, a Entidade ampliará o seu atendimento socioeducacional, acrescentando novos programas, dentre eles o programa Aprendiz da Boa Vontade, que preparará adolescentes de 14 a 24 anos para o mundo do trabalho, em conformidade com a Lei da Aprendizagem (nº 10.097/2000). A LBV, como Entidade qualificadora, coordena atividades teóricas (uma vez por semana) e acompanha as atividades práticas na empresa (quatro vezes por semana), oferecendo metodologia própria de aprendizagem, orientação de equipe multidisciplinar e acompanhamento social do jovem e de sua família.

Com todas essas ações a Legião da Boa Vontade oferece oportunidades para que as famílias brasileiras tenham suas vidas transformadas e vivam numa sociedade Solidária, Altruística e Ecumênica.