Você está aqui

Idosa encontra na LBV apoio para superar o câncer de mama

Uma história inspiradora de superação e fé para todos os que lutam contra a doença.

Cabo Frio, RJ — Na Legião da Boa Vontade, os jovens da melhor idade têm a oportunidade de renovar seus laços de amizade, participar de atividades diversas e, ainda, ter informações sobre assuntos importantes, como seus direitos. 

No programa Vida Plena, voltado para os idosos, a LBV estimula a interação, oferece acompanhamento de uma equipe especializada, além de proporcionar momentos de convivência e de lazer, onde todos podem trocar experiências e serem ouvidos.

É o caso da senhora Agostinha dos Santos, de 82 anos, que participa há aproximadamente quatro anos do programa e numa hora desafiadora de sua saúde, encontrou na Legião da Boa Vontade o apoio necessário para vencer o câncer de mama e voltar a sorrir.

Fátima Barbosa

Dona Agostinha, do Vida Plena, esbanjando simpatia e elegância durante o desfile de modas. 

“No ano passado assisti a palestra da prevenção do câncer de mama [na LBV]. Passou um tempo, eu fiz o autoexame. Em dezembro eu senti que tinha um caroço do tamanho de um tomate, então esperei passar as festas de Natal e Ano Novo pra poder ir ao médico. Fui procurar a Jackeline [assistente social da LBV] e contei a ela que estava com o caroço, e como eu fazia pra tratar. Ela me encaminhou para o médico. Fui ao doutor no Hospital das Mulheres e dali ele me encaminhou para o Hospital Santa Isabel, onde fui operada”.

Apoio da LBV e o carinho das amigas do grupo

Para vencer mais essa batalha, a dona Agostinha contou com o apoio incondicional da família, da LBV, e das amigas do grupo: “Quando operei, Jackeline trouxe todo mundo pra me ver. As minhas amigas vieram aqui me visitar. O pessoal da LBV sempre me ligava pra saber como estava, foi muito bom, me recuperei rápido. Aqui, na LBV, é muito bom. É muito bom com as amigas, a gente conversa, todo mundo se gosta. Antes da LBV não tinha amigas, porque eu morava no Rio e depois mudei pra cá. Aqui me dei bem, estou melhor do que estava no Rio. Gostei mais daqui por causa da LBV e junto das minhas amigas melhorei muito. Na LBV, eu me enchi de vida e estou muito feliz”, finalizou. 

Simone Barreto

Dona Agostinha (de vestido vermelho) com as amigas na LBV. 

Generosidade e Amor

Sueli Célia Costa Dórea, filha da dona Agostinha, fala da generosidade e amor dos amigos da LBV que sempre apoiaram a mãe: “A LBV apoiou minha mãe, a encaminhou à Amigas da Mama, ela retirou o seio que estava com o nódulo e a operação ocorreu tudo bem. Depois, a assistente social veio aqui, com as amigas dela da LBV, e ela já estava sentindo falta de todos. Minha mãe veio do Rio, não conhecia ninguém aqui, em Cabo Frio, quando ela foi para a LBV começou um grupo de amizades. Lá, ela começou a fazer pintura, exposição, dançava, palestra e até ginástica. Isso melhorou muito a vida dela, deu uma engrenada, ficou mais feliz. As amigas sempre encontrando com ela, vão aos passeios, aos eventos, isso pra ela é muito bom. Essas atividades fizeram muito bem a ela, agradeço muito à LBV, vocês são maravilhosos! Quando ela se recuperou, a primeira coisa que ela fez foi ir à LBV. Ela está reagindo muito bem, todos dão apoio a ela”.

Simone Barreto

Dona Agostinha cercada pelo amor da família: filhas e neta, na superação da doença. 

A importância do diagnóstico precoce

No dia 19 de outubro, comemora-se o Dia Internacional para Prevenção do Câncer de Mama. Segundo pesquisas, 62% da população identifica o câncer através do autoexame, por isso, a importância do diagnóstico precoce. A incidência do câncer de mama aumenta à medida em que as mulheres envelhecem. Cerca de 60 % do câncer de mama, acontece em mulheres acima de 60 anos.  Por isso, a Legião da Boa Vontade oferece apoio para uma terceira idade mais feliz, com atividades saudáveis e palestras preventivas, como a prevenção ao câncer de mama. 

Simone Barreto

Jackeline Almeida, assistente social da LBV. 

Jackeline Almeida, assistente social da LBV, explica a trajetória de superação da dona Agostinha e fala do trabalho preventivo que a Instituição faz com os idosos: “Há 4 anos dona Agostinha estava num processo de isolamento social e procurou o programa Vida Plena, aqui de Cabo Frio, e começou com oficina de memória e alfabetização, com isso, a autoestima melhorou. Ela começou a escrever o nome dela, a trabalhar com artesanatos, a autoestima dela foi melhorando cada vez mais. No ano passado, tivemos uma palestra sobre a prevenção ao câncer de mama, no encontro de famílias. Ela veio com toda a família, e começou a fazer o autoexame de mama. Quando retornamos esse ano, ela me procurou e pediu que a encaminhasse às Amigas da Mama, porque encontrou um caroço no seio. E assim foi feito. As Amigas da Mama a atenderam prontamente, fez a cirurgia para a retirada do nódulo e foi bem-sucedida a operação. Graças a Deus ela retornou ao grupo e falou às amigas como é importante ter essa informação e salvar vidas. E é esse o trabalho da LBV: salvar vidas”.

A fim de proporcionar uma melhor qualidade de vida aos idosos, o programa Vida Plena visa a autoestima e o protagonismo dos seus atendidos: para isso, a LBV oferece atividades educativas, físicas e palestras educativas para a saúde das idosas, em parceria com os profissionais do curso de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá, para pessoas a partir de 60 anos. Duas vezes na semana, 2ª e 4ª feiras, a partir das 14 horas. O serviço social trabalha também conhecimentos e a garantia de direitos dos idosos, com o estatuto, concluiu a assistente social da Instituição.

Gratidão pelo trabalho solidário

A Legião da Boa Vontade agradece a todos que colaboram para as ações solidárias realizadas diariamente em prol de milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade em todo o país.

Em Cabo Frio, RJ, o Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, está localizado na Av. Joaquim Nogueira, 772 – São Cristóvão. Telefone (22) 2648-9000.