Você está aqui

Famílias da Mata Sul de Pernambuco são assistidas pela LBV

A sua doação possibilitou com que fossem distribuídas mais de 2,5 toneladas de doações na região.

A LBV não mede esforços para amparar quem mais precisa neste momento difícil da pandemia do novo coronavírus.

Camila Mota

    

No Pernambuco, nossa equipe esteve no município de Ribeirão, na Zona da Mata, a 80km da capital Recife, e assistiu centenas de famílias que dependem da agricultura, mais especificamente da cana-de açúçar, e foram fortemente afetadas pela crise sanitária.

Você doou e ajudou a distribuir cestas de alimentos não perecíveis, litros de leite, kit de material de limpeza e higiene pessoal, além de kits de material pedagógico. Ao todo, foram entregues mais de 2,5 toneladas de doações.

Com as usinas de cana-de-açúcar temporariamente fechadas, devido à sazonalidade do produto agrícola, o desemprego aumentou na região. Com isso, essas famílias perderam sua fonte de renda, gerando insegurança alimentar.

Vânia Besse

A sua doação chegou à Zonba da Mata de Pernambuco, beneficiando dezenas de famílias que dependem do trabalho na agricultura para sobreviver.

Daniela Luiza Silva é mãe solo. Neste momento, depende do auxílio emergencial do governo e da solidariedade dos vizinhos para alimentar o filho Gleidson, de seis anos. “Nós vivemos 350 reais por mês. Há dias que preciso pedir a vizinhos o alimento para que possamos comer", contou.

Vânia Besse

Daniela Luiza da Silva é mãe solo e depende, neste momento de pandemia, da solidariedade dos vizinhos para alimentar o filho. Agora, a cesta de alimentos que você doou garantirá a alimentação desta família pelos próximos dias.

Ao receber a cesta de alimentos e o kit de limpeza e higiene, declarou, emocionada:

"Vejam meu armário, só tenho um pacote de macarrão e fubá para o cuscuz. Vocês foram enviados por Deus, com essa cesta teremos alimentos para muitos dias. (...) Que Deus abençoe a todos aqueles que ajudam para que essa doação chegue a todos quanto precisam, como foi o dia de hoje, a minha família sendo assistida. Só gratidão".

O pequeno Gleidson ficou empolgado com os novos materiais pedagógicos. Agora, terá um estojo para guardar seus lápis, canetas e borrachas. Ele costumava usar uma sacola plástica. “Meu novo estojo que é muito bonito”, comentou.

Vânia Besse

O pequeno Gleidson, de seis anos, posa, feliz, com o kit pedagógico que ganhou da LBV.

A ação solidária teve a parceria da Escola Municipal Manasses Correia Brasil e da Secretaria Municipal de Assistência Social. “A LBV chegou no momento certo para atender as famílias que estavam precisando dessa atenção. A Secretaria tem feito essa assistência, mas a LBV veio fortalecer essa união. É com imensa alegria que agradecemos essa parceria de sucesso”, declarou a secretária Carol Jordão.

Camila Mota

Na foto, a mãe Aclebia Ferreira e a pequena Laisa, assistidas pela LBV com alimentos, produtos de limpeza e higiene e itens pedagógicos.

Gestora da Escola Manasses Correia Brasil, Francisca Melo reiterou: “As famílias de nossos alunos enfrentam uma situação muito difícil, são pais e mães com três, quatro ou cinco filhos para dar o que comer e se encontram desempregados, enfrentando a fome”.

“A LBV chega na hora certa em nosso município, nosso agradecimento a todos que doam. Continuem a apoiar o trabalho da LBV para que nossa comunidade seja sempre assistida pela Instituição”, completou.

Agradecemos também a todos os moradores do município que, respeitando todas as medidas preventivas estabelecidas pelas autoridades sanitárias, ajudaram na organização do espaço e na entrega dos benefícios levados pela LBV.

Vânia Besse