Você está aqui

Famílias campineiras recebem ajuda da LBV

A sua doação beneficiou dezenas de pessoas atendidas pela associação Casa da Sopa, no Jardim Paraíso de Viracopos.

César Faria

Mesmo diante de tantos desafios econômicos e sociais, a LBV não mediu esforços para oferecer a essas famílias alimentos não perecíveis. Você faz parte deste Time da Solidariedade!

A nossa Caravana Solidária passou pelo bairro Jardim Paraíso de Viracopos, situado em uma das regiões mais vulneráveis de Campinas, para entregar cestas de alimentos não perecíves a dezenas de famílias assistidas pela Casa da Sopa.

Confira outros atendimentos da LBV no interior paulista.

De acordo com Benedita Aparecida Franco de Camargo, presidente e fundadora da ONG, a pandemia do novo coronavírus afetou profundamente a associação, que depende de doações para manter suas atividades. "As doações sumiram e o preço da carne subiu muito. Não é possível fazer as marmitas que a gente entregava com frequência às famílias da região", contou.

César Faria

Ao doar para a LBV, você ajuda a mudar a realidade de muitas famílias em situação de insegurança alimentar. Nosso sincero 'obrigado'.

Mãe de seis filhos e desempregada há dois anos, Luciene Pereira Costa paga aluguel e outras contas com o apoio do esposo, que recebe esporadicamente por serviços que realiza como autônomo. Ao receber a cesta de alimentos, comentou:

"O preço do gás, de energia e dos alimentos subiram e isso tem sido muito complicado. Essa cesta que estou recebendo da LBV vai me ajudar muito, porque realmente estou precisando. Quero agradecer a todos por essa doação".    

Por conta do desemprego e da alta nos preços, a insegurança alimentar dessas famílias se acentuou. E a LBV, sensibilizada por essa dura realidade enfrentada por tanta gente, vem apoiando o trabalho de organizações parceiras que precisam dos recursos para dar continuidade nos atendimentos.

"Nós nos sentimos felizes em poder compartilhar o pão de cada dia. Graças a todos os doadores, é possível ajudar também outras pessoas e organizações que precisam", destacou  Michael Jonathas Fonseca Batista, gestor social da unidade II da LBV.

A sua doação mensal foi fundamental para que essas famílias tivessem alimento na mesa e não passassem fome.

"Com as cestas que estou recebendo hoje da LBV, vou conseguir atender a essas famílias, que já estavam esperando o alimento", afirmou Benedita Aparecida. E ainda fez um apelo: "Eu afirmo a todos a importância de fazerem suas doações à LBV, para que seja possível nos ajudar também. Que Deus abençoe a todos os doadores".  

A você, amiga doadora e amigo doador, o nosso sincero agradecimento!

César Faria

    

* Com colaboração de Eduardo Siqueira.