Você está aqui

Em Inhumas, crianças da LBV visitam o Viveiro Municipal e aprendem sobre reflorestamento

Comemorar o Dia da Árvore, lembrado em 21 de setembro, não deve ser uma ação isolada no incentivo à consciência ambiental.

Izabela Mendes

Na oportunidade, as crianças conheceram diversas mudas de plantas nativas do cerrado.

Inhumas, GO — Comemorar o Dia da Árvore, lembrado em 21 de setembro, não deve ser uma ação isolada no incentivo à consciência ambiental. Por isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) promove atividades contínuas que despertam reflexões nos atendidos pela Instituição sobre o cuidado com o meio ambiente.

Foi isso que ocorreu em setembro na unidade da LBV em Inhumas: os meninos e meninas aprenderam sobre a preservação da natureza, conheceram as etapas do reflorestamento e descobriram como cuidar do meio ambiente. Os pequenos integrantes do programa Criança: Futuro no Presente! visitaram o Viveiro Municipal e puderam aprender como é feito o reflorestamento e sua importância.

Além disso, eles também conheceram as espécies nativas do cerrado; as que são de outro bioma, porém se adaptam bem no cerrado; a diferença entre espécies destinadas ao reflorestamento e destinadas para área urbana; e todo o processo de plantio das mudas, passando pelas quatro etapas, desde o preparo da terra até estarem prontas para o plantio no campo.

Na oportunidade, os pequenos foram recepcionados pelo secretário municipal do Meio Ambiente, sr. Divino Rufino, e pelo engenheiro agrônomo Diogo Teixeira Ramos, que apresentaram para as crianças as diversas variedades de mudas, como o ipê, considerada a flor nacional.

Izabela Mendes

Em meio a centenas de mudas, a criançada da LBV aproveita o passeio ao Viveiro Municipal para aprender sobre os processos de reflorestamento.

 

A importâncias das árvores, por Rayssa

Para a pequena atendida Rayssa, 10, a atividade proporcionou muito aprendizado. "Visitamos o viveiro, onde existem muitas plantas. Eu conheci vários tipos de ipês, que são muito usados aqui: ipê roxo, rosa, amarelo, branco e o mais comum, o amarelo. Aprendi que cada planta tem o seu tempo e que elas duram até 100 anos. Também aprendi que as árvores são muito importantes para o homem: para a alimentação, como as árvores frutíferas; para a sombra... E elas transmitem o oxigênio para nossa sobrevivência", destacou.

Um fato curioso e que deixou os pequenos bastante encantados foi o processo de germinação de árvores que produzem castanha. Para acelerar essa etapa das sementes e dar origem a novas mudas, elas são envolvidas em algodão e levadas ao freezer, onde passam três dias, até a sua germinação. Se esse processo não fosse realizado, a semente levaria até três meses para germinar.

Izabela Mendes

Durante a visita, os atendidos acompanharam, passo a passo, como é feito o cultivo de mudas de árvores como o ipê.

"Eu entendi que o ser humano, com o passar do tempo, foi desmatando a terra, pensando só em si, e hoje temos muitas árvores que estão em extinção. (...) Conheci vários tipos de plantas e vi até um pé de jequitibá. Foi muito legal saber como eles fazem para acelerar o crescimento das mudas", frisou Geisekeli, 10, atendida pela LBV.

Meio ambiente sempre em pauta na LBV

A Legião da Boa Vontade promove, em todas as suas unidades, a consciência ambiental. Em seus programas e projetos socioeducacionais, a Entidade incentiva debates com seus atendidos sobre a importância de preservar o meio ambiente e cuidar da natureza.

Em Inhumas, GO, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade está localizado na Avenida das Bandeiras, 246 — Anhanguera. Para outras informações, ligue: (62) 3511-2094.