Você está aqui

Educador irlandês visita Conjunto Educacional Boa Vontade

Na oportunidade, Trevor O’Brien percorreu os ambientes da Escola e conheceu o trabalho educacional da Instituição.

Nessa quarta-feira, 7, o educador irlandês Trevor O’Brien, membro do departamento de Psicologia Educacional e Educação Inclusiva e Especial da Mary Immaculate College, da Irlanda, formador de professores que atuam com alunos com a Educação Especial em seu país, em sua passagem pelo Brasil, por indicação da Dra. Neide Noffs, professora titular da PUC-SP, conheceu o Conjunto Educacional Boa Vontade, formado pelo Instituto de Educação José de Paiva Netto e pela Supercreche Jesus, em São Paulo, SP.

João Nery

São Paulo, SP – Na oportunidade, o educador posou ao lado das crianças da LBV, onde algumas delas, participantes da Orquestra, seguravam seus instrumentos musicais.

Acompanhado pelas professoras dra. Neide Noffs e dra. Neide Saisi — coordenadora do curso de Pedagogia, também da Pontifícia Universidade de São Paulo —, ele percorreu os ambientes do espaço educacional, sendo informado acerca da linha pedagógica da LBV e sobre o planejamento desenvolvido por esta escola da rede de ensino da Instituição, que aplica a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, criadas pelo dirigente da LBV José de Paiva Netto, com foco numa educação com qualidade — envolvendo as disciplinas da matriz curricular aliadas a eixos temáticos de Espiritualidade Ecumênica, numa educação que enxerga o educando em sua integralidade (cérebro e coração).

João Nery

São Paulo, SP – O educador conheceu a Biblioteca Bruno Simões de Paiva, que estava decorada para o dia 20 de novembro (Dia da consciência negra). Na ocasião, foi explicado a ele sobre o nascimento da data e também como a escola procura mostrar para as crianças que elas devem se aceitar do jeitinho que são.

O professor ainda conheceu o LBV-Programa Potencializando Habilidades (PPH), que atua para uma educação inclusiva fortalecedora do processo pedagógico, com atividades que reforçam suas possibilidades de crescimento do desempenho escolar, num trabalho realizado com os alunos e que também envolve suas famílias. Na oportunidade, Trevor O’Brien comentou: “fiquei impressionado ao ver a dedicação dos educadores com as crianças. Eles partem da sua necessidade e dos seus pontos fortes ao invés de focarem em suas deficiências. Uma das professoras me apresentou uma das suas estratégias, que envolve jogos, a maneira como as crianças alcançam certos objetivos e metas através do uso de jogos, utilizando uma abordagem multissensorial. Também gostei da maneira que elas colaboram com os professores na sala de aula e como trabalham juntos dentro e fora da [mesma]. Então, a transição é facilitada. E é utilizada uma abordagem colaborativa, o que facilita muito para [os alunos]. ”

João Nery

São Paulo, SP – Ainda na Biblioteca, foi apresentado ao educador a forma como o Conjunto Educacional Boa Vontade trabalha com as crianças que necessitam de uma atenção especial para um bom aprendizado escolar.

Ao final da visita, o educador não deixou de ressaltar o seu encantamento pelo Conjunto Educacional: “A primeira coisa que gostaria de destacar sobre a minha visita é que essa escola é única. Nunca conheci uma escola como essa, com instalações que atendem tantas crianças de diversas idades. Fiquei especialmente impressionado, não apenas pela cordialidade e simpatia dos funcionários, mas pelo jeito que [o colégio] é estruturado, recebendo crianças e bebês desde os 4 meses de idade. Quero dizer, isso é um diferencial! Enquanto percorria [os ambientes escolares], e foi uma visita maravilhosa, me impressionou ver como as crianças se dirigiam de uma sala para outra harmoniosamente, quase sem nenhuma agitação para elas. E todos os funcionários se atentavam a todas as necessidades [dos alunos]. É realmente impressionante. ”