Você está aqui

Dia Mundial da Água: LBV promove atividades culturais e de reflexão a crianças atendidas

A LBV trabalha incansavelmente pela conscientização socioambiental de crianças e adolescentes atendidos

Campinas, SP — Na LBV, o Dia Mundial da Água não passa despercebido! Por compreender que o recurso hídrico é plenamente importante para a sobrevivência de todos os seres vivos no planeta, a Instituição faz questão de intensificar, na semana do dia 22 de março, diversas ações reflexivas sobre a valorização da água.

Não à toa, as meninas e os meninos atendidos pelo programa Criança: Futuro no Presente! têm oficinas artísticas e culturais exclusivamente voltadas para o assunto. No dia a dia, a garotada aprende que o desperdício desse líquido precioso é um mau negócio. Por isso o esforço diário em preservá-la. Ao escovar os dentes após as refeições, por exemplo, os pequenos sabem que a torneira deve ficar fechada enquanto se faz a limpeza bucal. 

César Faria

Durante o percurso pela estação de tratamento da água do Rio Capivari, os pequenos puderam conhecer todo o procedimento para limpeza do líquido.

Dezenas de boas práticas em prol do consumo sustentável da água são realizadas no Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade. Outra iniciativa que as crianças e os adolescentes atendidos também aprendem durante as atividades socioeducativas, e que é capaz de propiciar a economia do líquido, é fazer uso do regador para molhar as plantas em vez de utilizar a mangueira, pois, com esta ligada por 10 minutos, consome-se 186 litros de água. É muita coisa! Todas as ações realizdas são permeadas pela campanha permanente da LBV "A destruição da Natureza é a extinção da Raça Humana".

César Faria

O grupo de visitantes foi recebido por ambientalistas da SANASA, que explicaram o funcionamento de todas as etapas de retirada dos resíduos contidos nas águas captadas do Rio Capivari.

E para ampliar a conscientização sustentável dessa nova geração, a Entidade contou com a parceria da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A (SANASA), por meio do programa educacional Minha Escola na SANASA, para pontuar a responsabilidade que todos têm para com "esse bem", que é também de todos. Educadores ambientais da companhia acompanharam a visitação do público infantojuvenil nessa quinta-feira, 23, à Estação de Tratamento de Água e Esgoto.

Segundo o ambientalista Gervázio José Antônio, o Rio Capivari cede 360 litros de água por segundo, e no período de cheia, há uma vazão de 1260 litros de água por segundo. O maior rio que abastece o município de Campinas é o Rio Atibaia, que doa 4000 litros de água por segundo. Gervazio reforçou que 95% do abastecimento de água ao povo campineiro vêm do Rio Atibaia e 5% vêm do Rio Capivari. #Curiosidades

A criançada percorreu por todos os setores da estação e ficou surpresa com a experiência adquirida. O atendido Elison, 12 anos, não esperava que o processo de purificação da água demandasse tantas etapas. “Nunca imaginei que a limpeza dava tanto trabalho. Tudo isso para que nós pudéssemos tomar a água, que fica limpinha. Temos que preservá-la, porque ela é importante para a nossa sobrevivência e higiene”, comentou.

César Faria

O grupo teatral Bela Plateia, da SANASA, apresentou a peça intitulada "Água bem tratada" para promover reflexão sobre a preservação do meio ambiente.

Vale destacar que a atividade se prolongou para esta terça-feira, 28, quando o grupo teatral da própria companhia de água, Bela Plateia, esteve no Centro Comunitário de Assistência Social Victorino Baccari Sobrinho, da LBV, para apresentar uma peça teatral, cujo enredo é a preservação da água.

Com os personagens Mãe Natureza e Gato Teteu, que protegem a natureza, e Tulhão, que a polui, os artistas procuraram enfatizar a importância do consumo sustentável da água e o zelo pela fauna e flora. "Nosso intuito é incentivar crianças a não prejudicar o meio ambiente, reciclando o lixo, não cortando árvores sem o replantio e também não desperdiçando o líquido. Gostei muito de interagir com todos”, falou Priscila Duarte, integrante do grupo de teatro.

Em Campinas, SP, o Centro Comunitário de Assistência Social "Victorino Baccari Sobrinho", da LBV, está localizado na Rua Professora Maria Cecília Tozzi, 391 — Vila Rica. Para outras informações, ligue: (19) 3227-3888.