Você está aqui

Cursos gratuitos da LBV ajudam a conquistar melhores empregos

O curso oferece ferramentas necessárias para o aluno ingressar ou recolocar-se no mercado de trabalho.

Petrópolis, RJ — Muitas pessoas que não têm condições de pagar um curso particular e veem na LBV a oportunidade para que seus objetivos profissionais sejam alcançados, por meios dos cursos gratuitos do programa de Capacitação e Inclusão Produtiva.

Com o objetivo de preparar adolescentes, jovens e adultos de baixa renda para a entrada ou recolocação no mercado de trabalho, além de estimular a convivência comunitária e a participação cidadã, o programa oferece, gratuitamente, os cursos de Informática Básica e intermediária e Manicure e Pedicure. A duração média dos cursos é de três meses e são realizados no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV.

Gilmar Ferreira

Rafael Ramos, estudante de 16 anos, que faz o curso de informática e ainda participa do programa Jovem Aprendiz da sua cidade, sonha em ser designer gráfico. 

Sejam jovens estudantes em busca do primeiro emprego, pessoas desempregadas à procura de aperfeiçoamento para recolocarem-se no mercado de trabalho, até universitários que precisam de conhecimentos técnicos para continuarem estudando as disciplinas on-line, a LBV proporciona as ferramentas necessárias para que se realizem e vislumbrem uma melhoria em suas vidas.

É o caso do Rafael Ramos, estudante do ensino médio, de 16 anos, que ingressou no programa Criança: Futuro no Presente! aos 11 anos e hoje faz o curso de informática e ainda participa do programa Jovem Aprendiz da sua cidade: “Aqui aprendo coisas novas que vão me ajudar no futuro. Estou me preparando para ter um trabalho futuramente. Gosto muito de desenho, talvez eu seja designer gráfico. O curso da LBV é muito bom, consigo entender bem, o instrutor me ajuda. Já fiz o básico e agora faço o intermediário. Recomendo o curso para as pessoas, pois ele é muito bom. Agradeço à LBV, que sempre me acolheu desde criança, e sempre que precisar eu vou ser voluntário”, disse.

Gilmar Ferreira

Para Rafael Machado Fagundes, 46 anos, ex-comerciário desempregado, o curso da LBV é uma oportunidade para reingressar no mercado. 

Para Rafael Machado Fagundes, de 46 anos, comerciário desempregado, o curso da LBV é uma oportunidade para reingressar no mercado: “Estou desempregado no momento e quis me aperfeiçoar na área de informática e a LBV me deu essa oportunidade de crescer. Crescer também enquanto pessoa. As pessoas aqui são muito legais e a LBV tem me ajudado bastante. Já tive os conhecimentos básicos e agora, com o curso intermediário, estou me aperfeiçoando em excel, power point. A acolhida aqui é muito boa, desde a secretária ao instrutor, que ajuda a todos, até indiquei o curso para outras pessoas. Só tenho a agradecer à LBV pela oportunidade, inclusive pela minha idade é difícil conseguir uma oportunidade como essa. Agradeço o carinho, a paciência”.

Marina de Moraes Botelho, universitária, faz o 5º período de direito e necessita dos conhecimentos de informática: “Já fiz o curso básico de informática e agora, o intermediário. Esse curso me auxilia muito porque a faculdade de direito exige que eu tenha conhecimentos de informática, 20% é on-line e eu não tinha nenhum. Em casa tinha até computador, mas eu não sabia utilizar. Quando entrei na universidade, vi a necessidade de aprender e decidi entrar no curso de informática. Eu não sabia nada e aqui pude aprender o básico e me ajudou muito no Direito. É um curso muito bom, a gente aprende bastante, a instituição me ajuda, o professor é muito bom, eu indico aos amigos. Agradeço à LBV que me acolheu, fui muito bem recebida, assistida até hoje, todos que trabalham aqui têm minha eterna gratidão”.

Gilmar Ferreira

Petrópolis, RJ — O instrutor de informática Davi Júnior detalha que dos atendidos se formam, muitos retornam para agradecer a LBV, porque depois do curso conseguem o emprego tão almejado ou uma colocação melhor no trabalho.

Davi Júnior, instrutor de informática, fala sobre o curso: “Aqui, na LBV, oferecemos o curso básico de informática e o intermediário. No básico, ensinamos o programa do pacote office, criar uma pasta, escrever texto ou montar uma planilha. No intermediário, ensinamos o Power point, com slides para apresentar palestras, conhecimentos gerais, Excel avançado com várias fórmulas para montar planilhas de estoque, e no Word trabalhamos o texto técnico que é pedido na área educacional. O código de ética na internet, as normas que a regem também são estudadas durante o curso. Quando os atendidos se formam, muitos retornam para agradecer a LBV, porque depois do curso conseguem o emprego tão almejado ou uma colocação melhor no trabalho. A LBV faz essa socialização, os atendidos também se ajudam entre si”, pontuou.

A você que colabora para que este trabalho seja realizado e possa proporcionar a melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas, o nosso sincero agradecimento!

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! O Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, em Petrópolis, região serrana, está localizado na Rua Luiz Pellegrini, 128 – Cascatinha. Telefone: (24) 2233-1400.