Você está aqui

Crianças da LBV têm dia especial em Parque Ecológico de Águas Claras

Foi uma manhã divertidíssima e cheia de atividades educativas

Taguatinga, DF — Para promover a consciência ambiental e mostrar como fazemos parte e como somos responsáveis por tudo a nossa volta, alunos da Escola de Educação Infantil Alziro Zarur, mantida pela LBV no Distrito Federal, visitou o Parque Ecológico de Águas Claras. Foi uma manhã divertidíssima e cheia de atividades. Para resumir, vamos mostrar algumas fotos para vocês.

Primeiro, elas aprenderam a automassagem com a educadora ambiental Maria Fernanda de Faria Teixeira, do Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

Lina Silva

Relaxados, eles sentaram ao ar livre para ouvir uma história com a educadora ambiental Aline Barreto. “Foi uma história bem famosa, da Árvore Generosa. Retrata o quanto a natureza é generosa conosco, nos dá tudo o que a gente precisa. A gente sabe que as árvores são múltiplos os benefícios, e cabe a gente aprender com a natureza também. Parar com essa postura de só consumir e aprender também a doar e sermos generosos, tanto com o nosso próximo quanto com o meio ambiente”. 

Lina Silva

Conscientes do cuidado que devemos ter com o meio ambiente, a garotada seguiu para uma trilha ecológica pelo Parque. Caminharam, se informaram e conheceram mais sobre a flora do local.

Lina Silva

Depois da trilha, elas puderam conhecer um pouco mais da fauna do local, no Museu de Taxidermia. Curiosidade e surpresa marcaram essa parte do passeio. O Cabo Ottoni, do Núcleo de Educação Ambiental, comentou sobre a importância de promover essa vivência para as crianças: “É importantíssimo a visita das crianças no nosso museu. Por meio da educação ambiental nós pretendemos formar cidadãos do amanhã muito mais conscientes. A ideia do museu é justamente mostrar a natureza artificial e colocar na cabeça das crianças que caso elas não cuidem, protejam, preservem o meio ambiente, nós só vamos conseguir ver o meio ambiente desta forma, por museus, em fotos e filmes”.

Lina Silva

Se as crianças gostaram? Elas A-MA-RAM! Quem contou pra gente um pouquinho de como foi o passeio foi a Sandra Elise: “A floresta é nosso ar, é nossa vida. Eu gostei das árvores, dos animais, todas as coisas que estavam aqui. É muito importante a gente preservar a natureza”.

“Trabalhar com crianças é sempre bom, são puros, eles cantaram algumas musiquinhas que eu fiquei impressionado com as habilidades deles. Eles fizeram um trabalho fantástico! Vocês fazem um trabalho fantástico com eles, pois eles estão muito além do que eu esperava, eles estão muito acima mesmo, estão muito instruídos, cantam uma musiquinha que é fantástica, que fala do meio ambiente, de preservação, da mãe terra e a ideia é essa, que a gente cresça com essa mentalidade de cuidar do planeta”, reforçou o educador ambiental Paulo Barbosa.

Preservando para sobreviver!

Na LBV, a importância de preservar o meio ambiente é trabalhada diariamente nas escolas, nos centros comunitários e nos lares de idosos por meio da campanha "A destruição da Natureza é a extinção da Raça Humana", pensamento do dirigente da Instituição, José de Paiva Netto. Todas as ações envolvem o diálogo, o debate e como colocar as boas ações em prática para termos um local sadio para viver, respeitando todos os seres vivos e o nosso planeta.