Você está aqui

Compartilhando o Altruísmo

Pioneirismo no rádio

Arquivo BV

 Alziro Zarur

Confira o conteúdo completo da revista BOA VONTADE 70 anos da LBV

Como se pode ler na seção “A Origem” desta revista, o próprio nascedouro da Legião da Boa Vontade deu-se no meio radiofônico, com o programa Hora da Boa Vontade, em 4 de março de 1949. Por isso, a comunicação está na base de suas realizações, e foi por intermédio dela que a Entidade ampliou seus serviços socioeducativos. Um dos instrumentos de expansão desse ideal Fraterno foi a Rádio Mundial, a primeira emissora da Boa Vontade 24 horas. Nela, o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), pregou, de 1956 a 1966, a Bíblia, em Espírito e Verdade, à luz do Novo Mandamento do Cristo de Deus: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho de Jesus, segundo João, 13:34 e 35).  E isso de hora em hora, fato único em todo o mundo. Por sinal, um relato do diretor-presidente da Instituição sobre os primórdios da Obra demonstra o valor inestimável que Zarur dava às Sagradas Escrituras. Conta Paiva Netto: “Recordo-me de que, ainda aluno do Colégio Pedro II, fui levar os expedientes administrativos, do Casarão de Assistência Social da LBV, dirigido naquele tempo pelo saudoso dr. Osmar Carvalho e Silva, um grande brasileiro e Legionário da Boa Vontade. E eu estava lá no gabinete do Irmão Alziro Zarur, na Rádio Mundial, quando chegou uma Bíblia Sagrada [foto acima], como presente da escritora espiritualista gaúcha, que o Irmão Zarur passou a chamar de Martha de Deus. Ele, então, pegou o livro diante do dr. Osmar, do Sylvio Gomes — que era irmão do jornalista fluminense de grande qualidade Gomes Filho, amigo de Zarur, e que também tive a honra de conhecer — e de mim, e bradou: ‘Meu Deus, tenho nas minhas mãos a maior arma do mundo: a Bíblia Sagrada. Mais forte que todas as bombas atômicas!’ Eu era um garoto, sempre atrevido, e disse: e é uma arma que não mata! Ele falou: ‘É mesmo’”.

O fundador da LBV criou também o programa Jesus Está Chamando!, em 29 de janeiro de 1957 — referência à página escrita pelo Espírito Emmanuel, com o mesmo título. E ainda radiofonizou as famosas Prece do Copo d’Água e Vamos Falar com Deus, convidando a audiência à oração fervorosa ao Pai Celestial e à meditação irrestritamente ecumênica. Todo esse conteúdo elevado repercutiu cada vez mais, levando conforto e esclarecimento às Almas.

Super Rede Boa Vontade de Rádio

João Areis Preda
Paiva Netto, durante uma de suas pregações de improviso na Super Rede Boa Vontade de Rádio

Em 1º de setembro de 1992, Paiva Netto ampliou ainda mais o alcance da Comunicação 100% Jesus ao inaugurar a Super Rede Boa Vontade de Rádio, com uma programação 24 horas no ar. Ao longo desses 27 anos, ela caracterizou-se pelo pioneirismo de veicular, de hora em hora, uma prece. Com uma grade diversificada (Esporte, Cultura, Jornalismo, Meio Ambiente, Utilidade Pública e outros temas), tem a maior audiência por conta da mensagem do Evangelho-Apocalipse de Jesus, explicado pelo dirigente da LBV em Espírito e Verdade, à luz do Mandamento Novo do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, assim como por suas famosas séries.

Atualmente, a Super Rede Boa Vontade de Rádio possui oito emissoras distribuídas pelo território nacional, as quais contam com os mais capacitados profissionais e modernos equipamentos.

Bruna de Jesus

RIO DE JANEIRO/RJ: O campeão paralímpico conversou com a equipe do programa Momento Esportivo, da Super Rádio Brasil AM 940, sobre inclusão social do esporte. 

A potência dos transmissores da Super Rede Boa Vontade de Rádio merece destaque, a exemplo da Super Rádio Brasil — 940 AM, que possui um transmissor de 100 mil watts. Além de cobrir todo o Estado do Rio de Janeiro, chega a vários locais do país e do planeta, como a Noruega. Por e-mail, o engenheiro eletrônico Tore B. Vik atestou à equipe que trabalha no local: “Vivo em um povoado chamado Mysen, ao sudeste de Oslo, capital da Noruega. (…) Sintonizei a Super Rádio Brasil. Escrevo para informar-lhes que o sinal da rádio é ouvido aqui na Noruega, a 8.500 quilômetros de distância. Tive a sorte de sintonizar a ZYJ453, Rádio Brasil. Recebam minha cordial saudação. Paz e Amor”.

Famosa série “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”

No rádio, Paiva Netto é reconhecido por suas mensagens sempre inspiradas no Evangelho-Apocalipse do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, a exemplo das séries radiofônicas Apocalipse para o Povo, Apocalipse e Profecias e O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração, esta conduzida por ele de outubro de 1990 a fevereiro de 1992. Levada ao ar pela Super Rede Boa Vontade de Rádio, essa série logo se tornou, pela particular abrangência e pela popularidade, sucesso de audiência, alcançando a marca de mais de 450 programas transmitidos.

Leila Marco

                                

Nessas preleções, feitas de improviso — que, mais tarde, originaram a coleção literária homônima (leia mais sobre o assunto na p. 148) —, ele analisa, com justeza, “o livro mais importante das Escrituras Sagradas da atualidade”, no dizer de Alziro Zarur. Enquanto viajava a trabalho, Paiva Netto pregava. Foram muitas as cidades em que realizou, nos mais diversos ambientes — a céu aberto, em auditórios e até em cozinhas —, suas palestras acerca do Apocalipse, as quais foram gravadas e exibidas tanto no rádio quanto na TV. Entre essas localidades estão Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Glorinha/RS, Maringá/PR, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP, no Brasil; e, no exterior, Londres, na Inglaterra; Paris, na França; Roma, na Itália; Santa Maria de Arnoso, Lugar de Lages, e Porto, em Portugal; Buenos Aires, na Argentina; e Nova York, nos Estados Unidos.

SINTONIZAR FAZ BEM!

Saiba sobre a abrangência da Super Rede Boa Vontade de Rádio pelo site www.boavontade.com/radio e acompanhe a série radiofônica O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração. Disponível também pelo Aplicativo Boa Vontade Play.

Alexandre Rueda
Em 7/2/2016, dando início às comemorações de seus 60 anos de trabalho na Seara da Boa Vontade, Paiva Netto conversa informalmente com Legionários da Boa Vontade do Rio Grande do Sul, ladeado de sua esposa, Irmã Lucimara Augusta

 

1º de maio de 1956: Revista BOA VONTADE

Produzir uma publicação capaz de refletir a Espiritualidade Ecumênica presente nos mais diversos campos da atuação humana é um dos propósitos da revista BOA VONTADE desde seus primórdios: a edição número um é de 1º de maio de 1956.

Jornal de Deus, Jornal da Boa Vontade, Jornal do Apocalipse, Jornal da Paz, Jornal da Guerra, Jornal do Novo Mandamento e a revista Soldadinhos de Deus.

 

Inicialmente, foi preparada na primeira sede da LBV, em pequena sala de um prédio localizado na Rua do Acre, 47, 9º andar, no Centro do Rio de Janeiro/RJ. Àquela altura, nos idos de 1950, a revista era rodada na gráfica da Editora Bloch.

O exemplar inaugural trouxe pioneiramente na capa a estampa de Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, e apresentava aos leitores a inovadora linha editorial do periódico que ali nascia, realçando os valores fraternos de respeito e harmonia entre as religiões, bem como entre os diferentes povos, culturas e áreas do saber humano.

Por décadas, o leitor da BOA VONTADE tem acompanhado temas de interesse geral. Entrevistas, reportagens, notícias e artigos relevantes, enfim, todo o conteúdo tem em comum a permanente busca pelo crescimento pessoal, ético e espiritual do público, sempre à luz da Solidariedade Ecumênica.

Mantendo-se sempre atual, em 2013, ganhou seu próprio aplicativo: o BOA VONTADE Magazine. Com esse novo recurso, disponível na App Store e na Google Play, é possível conhecer gratuitamente todo o teor da publicação.

Jornalismo Solidário

Arquivo BV

Um jornalismo de causas, essa foi sempre a pauta que orientou o jornalista e radialista Paiva Netto em quase sessenta anos de profissão. Preocupado em trabalhar com o que o público precisa saber, já aos 20 anos de idade defendia o protagonismo das novas gerações em página redigida em setembro de 1961, intitulada “Receita de um jovem para os jovens”. Naquela ocasião, propõe também ao saudoso Alziro Zarur a criação do Departamento Infantojuvenil da LBV; o fundador da Instituição o nomeia responsável do setor, publicando o tocante texto no jornal Gazeta de Notícias, em 15 de outubro do mesmo ano. A partir dessa data que se torna jornalista profissional, revisor e redator no famoso centenário carioca. No decorrer da década de 1960, passa também a escrever a parte de baixo da prestigiada coluna diária de Alziro Zarur. E isso é ressaltado pelo fundador da LBV na Gazeta de Notícias de 11 de janeiro de 1968, quando ainda exalta o entusiasmo de Paiva Netto, redator responsável do Jornal da Boa Vontade, em desenvolver o departamento de relações públicas da Organização. A partir de então, tem se destacado pela escrita Solidária Fraterna, diferencial que o tem caracterizado ao longo das décadas.

Band e LBV: parceria na TV

Arquivo BV
(1) Momento da assinatura do contrato para a transmissão do programa da LBV pela Rede Bandeirantes de Televisão. (2) Sr. Johnny Saad (E), tendo ao fundo o retrato de seu avô Adhemar de Barros (1901-1969), e Paiva Netto (D), à frente da imagem de seu saudoso amigo dr. João Jorge Saad (1919-1999), fundador do Grupo Bandeirantes.

Em 1º de junho de 1983, entrou no ar, para todo o Brasil, o Programa Boa Vontade, pela Rede Bandeirantes de Televisão (Band). Com a iniciativa, a LBV tornou-se pioneira no segmento de programação na TV brasileira que contempla a Espiritualidade e a atitude cidadã, a exemplo do que fizera no rádio. Além de prestar contas do serviço socioeducacional oferecido pela Instituição — algo bastante incomum na época —, Paiva Netto levava palavras de ânimo e de solidariedade, bem como o Santo Evangelho e o Apocalipse Redentor de Jesus, de maneira ecumênica.

À assinatura do contrato (28 de maio de 1983), na sede do Grupo Bandeirantes de Comunicação, no bairro do Morumbi, na capital paulista, inúmeros integrantes da LBV de todo o país compareceram para celebrar a ocasião. Firmaram o documento Paiva Netto; o fundador da Band, João Jorge Saad (1919-1999); o filho dele, Johnny Saad; e Samir Razuk (1931-2012), então diretor comercial da Band.

LBV e Band: amizade antiga

Em visita à sede da TV Bandeirantes, em São Paulo/SP, o diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, José de Paiva Netto, foi recebido pelo presidente do Grupo Bandeirantes de Rádio e Televisão, sr. Johnny Saad. No cordial encontro, ocorrido na zona sul da capital paulista, ratificaram as parcerias de sucesso e laços de antiga amizade entre a Band e a LBV, em favor do povo, que vêm desde a época do fundador do Grupo Band, dr. João Jorge Saad, um pioneiro das comunicações. O sr. Johnny, a respeito dessa aliança, revelou: “Nós, da Bandeirantes, estamos muito orgulhosos de ser aliados de vocês da LBV. Acompanhamos a luta do Paiva desde o tempo de Zarur e sabemos deste trabalho sério, bonito, honrado, que cuida de criança, cuida de gente idosa, envolve todo o mundo. Então, somos, em primeiro lugar, fãs do trabalho de vocês, admiradores e colaboradores. (...) Muito obrigado e fiquem com Deus”.

Canais na internet

Arquivo BV

Com pioneirismo — ainda no princípio da implantação da internet no Brasil —, inaugurou-se, em agosto de 1996, o site da LBV na internet (inicialmente disponível em português e inglês). Em fevereiro de 1997, foi ao ar a programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio. Em 7 de novembro de 2002, o diretor-presidente da LBV lançou o portal Boa Vontade (www.boavontade.com), cujo conteúdo é comprometido com a Cidadania Fraterna. Artigos, reportagens e entrevistas, acompanhados de fotos, áudios e vídeos, estão entre os destaques da homepage. Atualmente, o portal da Espiritualidade Ecumênica tem conteúdo disponível em sete idiomas (alemão, inglês, espanhol, esperanto, francês, italiano e português).

Cabe mencionar, ainda, os canais da LBV nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Instagram e YouTube) e o portal da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (www.religiaodedeus.org). Neste último, tem se destacado a valorização da Vida, pois, além de oferecer perspectivas sólidas contra o aborto, contra a eutanásia, contra as drogas e outros malefícios, apresenta conteúdos que tratam da prevenção ao suicídio.

Boa Vontade Play

Em outubro de 2015, mais uma iniciativa de propagação dos Ideais da Boa Vontade chegou ao público: o aplicativo Boa Vontade Play. Em qualquer parte do mundo com acesso à internet, é possível acompanhar a programação da Super Rede Boa Vontade de Comunicação, ouvindo ao vivo as emissoras da Super Rede Boa Vontade de Rádio e assistindo, em tempo real, à Boa Vontade TV. Além disso, a plataforma digital possibilita ouvir músicas legionárias, preces e pregações ecumênicas de Paiva Netto na hora que se quiser. O Boa Vontade Play pode ser baixado, gratuitamente, nos dispositivos móveis com Android ou com iOS. O usuário do aplicativo pode ainda assinar a versão Premium e ter acesso a conteúdos exclusivos.

Promover a Cultura Ecumênica

Em 31 de janeiro de 1995, é instituída a Fundação José de Paiva Netto. Para promover cultura que enobreça a Alma das pessoas com conteúdo espiritual-humano, cria, nesse mesmo ano, a Editora Elevação e a Gravadora Som Puro, que ampliam suas operações a cada ano.

Boa Vontade TV

De acordo com a meta da LBV de levar Educação com Espiritualidade Ecumênica para a sociedade, era fundamental contar com um veículo de comunicação moderno: a televisão. Por isso, com a criação, em 2000, da Boa Vontade TV (programadora de conteúdo para TV por assinatura), houve uma grande vitória para a Instituição. Apesar da intensa atividade institucional no rádio e mesmo na TV aberta, não havia ainda uma emissora de televisão 24 horas.

Arquivo BV

Em 11 de março de 2008, a presença da LBV na televisão teve novo impulso com a nova programação de TV por assinatura para todo o Brasil. Numa solenidade transmitida ao vivo do Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, no Rio de Janeiro/RJ, e simultaneamente do Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, o dirigente da Instituição fez a abertura oficial da Boa Vontade TV, o que permitiu à emissora oferecer a mais famílias brasileiras uma programação de qualidade, com a marca que faz desta a TV da Paz, do Amor e da Fraternidade Real.

Atualmente, a Boa Vontade TV pode ser sintonizada de diferentes maneiras, tanto por meio da contratação de TVs por assinatura, entre as quais a Oi TV (canal 212) e a NET Brasil/Claro TV (canal 196), quanto por canais abertos e parabólicas. Também se pode assistir a ela de onde se estiver pela internet. Acesse www.boavontade.com/tv e conheça a abrangência completa da Boa Vontade TV.

LEIA TAMBÉM

+ Unidades da LBV e TBV aderem à campanha Setembro Amarelo
+ Em defesa da Vida, Paiva Netto reúne mais de 150 mil pessoas
+ LBV – Esporte é Vida, não violência!
+ LBV reúne mais de 200 mil pessoas na capital fluminense em marcha a favor da Vida e contra o preconceito

Incentivo ao Esperanto

Kimio Macumoto
rgb(255, 255, 255);">Cerimônia de abertura do 92º Congresso Universal de Esperanto, em Yokohama, Japão.

Desde os primórdios da Legião da Boa Vontade, o Esperanto conta com o prestígio da Instituição. Esse respaldo é dado por todos os meios ao alcance da LBV, que cumpre, assim, uma das finalidades registradas no próprio estatuto: “Pugnar pela mais ampla difusão do idioma internacional Esperanto, elemento precioso de confraternização dos povos, considerando que a LBV é o Esperanto das religiões, como o Esperanto é a LBV das línguas”.

O saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur (1914-1979), evidenciou o potencial de desenvolvimento do idioma criado por Lázaro Luiz Zamenhof (1859-1917), aliando-o ao trabalho de uma organização como a LBV, que muito se identifica com os ideais esperantistas, sobretudo os de Paz e de confraternização entre as nações. Em 1956, no programa Campanha da Boa Vontade, da Rádio Mundial, ministrou o curso de Esperanto da LBV. Essa iniciativa pioneira foi levada ao ar pelos professores Carlos Torres Pastorino (1910-1980) e Jorge Soares das Neves.

Sob a direção de Paiva Netto na LBV, o Esperanto foi resgatado e desenvolvido nas lides da Boa Vontade. Os frutos desse trabalho encontram repercussão mundial, e anualmente representantes da LBV participam dos principais encontros de Esperanto no Brasil e no exterior. Com essa atuação, a Instituição busca levar ao mundo informação solidária, educativa e cultural, sempre pelo prisma da Espiritualidade Ecumênica, que apresentam os trabalhos literários e as publicações da LBV, entre os quais a revista BONA VOLO (BOA VONTADE), e, com grande força, a internet, por meio de páginas traduzidas e de canais nas mais usuais redes sociais.

Arquivo BV