Você está aqui

Combate aos prejuízos da pandemia no Pará

Ação emergencial da LBV ajudou centenas de famílias de baixa renda do Estado; saiba o IMPACTO de sua doação!

A pandemia do novo coronavírus trouxe profundos prejuízos sociais e financeiros à vida de milhares de brasileiros de baixa renda.

Ciente disso, a LBV iniciou, já em março, no início da crise mundial sanitária, uma ação emergencial em favor desta população mais necessitada. 

De Norte a Sul, esta iniciativa cobriu zonas rurais, comunidades quilombolas, aldeias indígenas, assentamentos e favelas — regiões mais carentes, que estão mais suscetíveis à Covid-19. SAIBA MAIS.

Você sabe qual foi o resultado desta iniciativa solidária no Pará?

Fique por aqui, já lhe diremos, ok? ;)

Por que sua doação foi importante?

A LBV, assim que a pandemia foi declarada, atendeu às orientações do Ministério da Saúde e dos governos municipal, estadual e federal, suspendendo temporariamente as atividades presenciais em suas Unidades de Belém e Ananindeua.

Como efeito imediato, mobilizou a sociedade para angariar doações (cestas de alimentos e kits de limpeza e higiene) em favor de seus atendidos.

Sabe por quê?

A realidade das famílias assistidas pelos serviços sociais da LBV é extremamente preocupante. Muitos se encontram em situação de risco alimentar* e as refeições servidas em nossas Unidades são as únicas que possuem no dia.

Além disso, vivem em condições precárias de sobrevivência, já que residem em comunidades carentes, com famílias numerosas, sem saneamento básico e acesso facilitado à água potável, o que pode facilitar o contágio pelo novo coronavírus. Para piorar o já fragilizado cenário, muitos perderam sua fonte de renda.

De acordo com o IBGE, o Pará tem a quinta maior taxa de pobreza do país. Quase três milhos e 800 mil pessoas estão abaixo da linha da pobreza e 62,4% das pessoas ocupadas dependem da informalidade. Imposibilitadas de trabalhar, passam por dificuldades neste momento.

Graças a você, estas famílias tiveram condições de se protegerem do novo vírus e também de se alimentar.

Passagem pela capital

SPOILER ALERT: o impacto da sua doação foi gigantesco! Logo mais você vai saber o tamanho de sua ajuda.

Na cidade de Belém, capital paraense, a ação emergencial beneficiou famílias atendidas pelo Centro Comunitário de Assistência Social e pela Escola de Educação Infantil Jesus, mantidos pela LBV.

“A renda per capita [destas famílias] é de menos um salário mínimo”, revelou Paula Pereira, assistente social da Entidade.

LEIA MAIS:
+ LBV doa alimentos para proteger famílias de atendidos em Belém

Tal mobilização evitou que os atendidos e seus familiares não tivessem o que comer durante o necessário período de distanciamento social, visto que a suspensão temporária das atividades impediu que fizessem as refeições no local. 

“Quando ele está na Escola, não me preocupo com a alimentação dele”, conta Vanusa Patrocínio Salgado, mãe do aluno Davi Lucca, de 3 anos.

Agora, em casa e sem meios para prover as necessidades básicas, “às vezes falta o que comer”. E completou: “Com essa iniciativa da LBV, graças a Deus, neste momento de tantas dificuldades, recebemos essa cesta completa de alimentos, que vai nos ajudar muito. Agradeço, primeiramente, a Deus e a todos os colaboradores da LBV, obrigada!".

As entregas dos alimentos e dos itens de limpeza e higiene seguiram as medidas preventivas para evitar aglomerações e os cuidados sanitários de proteção e higienização — tantos para os voluntários quanto para os assistidos.

Vale pontuar que a Equipe de Educadores da LBV preparou atividades remotas para que os atendidos tenham um pouco da LBV em seu dia a dia. 

Passagem por Ananindeua

A campanha emergencial também amparou populações vulneráveis de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.

Nesta cidade, a ação solidária amparou famílias que participam de seus serviços sociais ou são assistidas por associações cadastradas na Rede Sociedade Solidária, da LBV.

"Agradeço muito por essa cesta, que vai me ajudar muito. Tenho três filhos pequenos e meu marido está desempregado. Agradeço muito por vocês entregarem esta cesta para minha família", agradeceu dona Maria Germana Gomes, moradora da Comunidade Quilombola do Abacatal.

Esta Comunidade Quilombola foi uma das beneificiadas pela ação emergencial da LBV.

Em nome de todas as famílias auxiliadas na região, a dona Carmen Santos enviou este recado para você:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade | Mundo Melhor (@lbvbrasil) em

"Estou aqui para agradecer a LBV e a todos que ajudam a manter esta Instituição. Essa ajuda está vindo em boa hora, graças a Deus, neste momento tão difícil que nosso planeta está passando, vem suprir nossas necessidades. Agradeço muito a todos aqueles que se dispõem, com o coração voluntário, a fazer essas doações. Graças a vocês, estamos aqui, recebendo esses itens. Que Deus possa retribuir cada vez mais na vida de vocês, está sendo fundamental para nossa alimentação diária, para o nosso dia a dia, agradeço muito a todos vocês. Se não fossem as doações, os colaboradores, estaríamos passando por uma situação muito mais complicada. Sou grata à LBV e a todos que contribuem".

Cada família levou para casa, além das cestas de alimentos, um kit de limpeza e higiene e cestas verdes (contendo frutas, verduras e legumes).

Qual foi o impacto da sua doação?

Agora é hora de saber o impacto da sua doação!

Como já dissemos anteriormente, foi gigantesco! \o/

Está preparado? Então, aí vai:

Em todo o Estado, a LBV entregou, com o seu importante auxílio, mais de 50 TONELADAS de doações!!

Em Belém, a LBV beneficiou quase mil famílias de baixa renda, ou 3.078 pessoas, entregando, nestes meses, mais de 14 toneladas de doações, entre alimentos não pereciveis e itens de limpeza.

Legal, né?

Já em Ananindeua, a ação solidária assistiu quase 800 famílias (ou 10961 pessoas) atendidas pela LBV ou por associações parceiras, distribuindo mais de 36 toneladas de itens.

Corrente da Boa Vontade

Sem a sua importante ajuda, este trabalho emergencial não seria possível. 

A VOCÊ, que acreditou neste trabalho e doou, nosso mais sincero agradecimento.

Estas quatro mil famílias sul-mato-grossenses terão dias melhores, com comida na mesa e a esperança renovada. Mesmo em tempos difíceis como estes, sabem que poderão contar com a LBV — e a LBV sabe que pode contar com você. ;)

Aproveitamos a oportunidade para registrar nossa pronfuda gratidão a todos os parceiros, personalidades da classe artística e voluntários que nos ajudaram na arrecadação, distribuição, logística e transporte das doações.

A sua doação chegou!! \o/


* A LBV garante uma alimentação saudável e equilibrada para que seus assistidos cresçam com saúde e tenham energia e concentração para os estudos, tendo em vista ainda que muitos deles, infelizmente, nem têm em suas casas refeições diárias e tão nutritivas.