Você está aqui

Casa de Apoio Madre Ana recebe ajuda da LBV

A Entidade está auxiliando, por intermédio da campanha SOS Calamidades, famílias que sofrem os impactos do novo coronavírus.

A corrente de Solidariedade vem aumentando a cada dia em diversas regiões do Brasil. Graças à ajuda de colaboradores, voluntários e parceiros, a Legião da Boa Vontade (LBV) beneficiou centenas de famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas por associações que integram a Rede Sociedade Solidária.

Na última semana, com o intuito de diminuir os impactos da pandemia da Covid-19, a Entidade entregou cobertores e cestas de alimentos aos representantes do Instituto Pietro e da Casa de Apoio Madre Ana, da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, sr. Beto Albuquerque e sra. Vanessa Siviero, respectivamente.

Alex Dias

Porto Alegre, RS — A LBV beneficiou, por intermédio da Rede Sociedade Solidária, famílias atendidas pela Casa de Apoio Madre Ana, da Santa Casa de Porto Alegre. Na foto, os representantes do Instituto Pietro, sr. Beto Albuquerue, e da Casa de Apoio, sra. Vanessa Siviero, recebem cestas de alimentos.

Albuquerque destacou o trabalho realizado pela Instituição e a gratidão que tem em fazer parte da Família LBV:

“É sempre muito bom estar aqui, onde testemunhamos Obras para o corpo e para alma. Nesse momento difícil, conseguimos construir essa ponte, a partir da LBV, com o Instituto Pietro e a Casa de Apoio Madre Ana, do nosso Hospital Santa Casa. Os alimentos doados pela LBV ajudarão muito a Casa a seguir atendendo aquelas crianças que tratam o câncer, que fazem transplante, que vem de todo o interior do Rio Grande do Sul, de todo o Brasil e que antes, durante e depois do transplante ou tratamento precisam de um lar para acolhimento. Fico super feliz, em nome do Instituto Pietro, ver esse acontecimento e esse amor ao próximo que ilumina a todos”.

Alex Dias

Porto Alegre, RS — A Casa de Apoio Madre Ana, da Santa Casa de Porto Alegre, foi amparada pela ação solidária da LBV. 

A gestora da Casa de Apoio Madre Ana ressaltou:

“Somos muito gratos, a Casa de Apoio vive inteiramente com a ajuda da comunidade. O dr. Fernando Lucchese, ao identificar que muitos pacientes e familiares que vinham para tratamento em Porto Alegre não tinham onde ficar e acabavam dormindo nas ruas, se uniu à comunidade, ao empresariado, à arquidiocese e à generosidade imensa das irmãs franciscanas, que doaram o prédio, para acolher essas pessoas. Nossa gratidão a cada pessoa que ajuda, coloca um tijolinho, é muito importante essa solidariedade com o próximo e a LBV é uma grande família que tem a solidariedade em seu coração".

Ajude você também!

O novo coronavírus pode matar — e a fome também! Por isso, a solidariedade não pode parar. Quanto mais doar, mais famílias serão ajudadas para que não morram de fome e evitem o contágio pela doença.