Você está aqui

Capoeira para a terceira idade

Programa Vida Plena contribui para que tenham autoestima e possam superar seus desafios.

Uberlândia, MG – O IBGE apontou que em 2017 o Brasil ultrapassou a marca dos 27 milhões de idosos. Diante desse quadro, a Legião da Boa Vontade segue firme na sua atuação com as pessoas da melhor idade pelo país, valorizando-as, respeitando suas histórias de vida e identificando oportunidades para que vivenciem essa etapa de forma saudável e feliz.

Em Uberlândia, além do atendimento diário feito com os idosos residentes do local, a Instituição disponibiliza àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade pessoal e social, o programa Vida Plena, levando o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e a realização de atividades que colaboram no processo do envelhecimento com qualidade. Ele é realizado uma vez por semana.

Há três anos, a senhora Onofra Rodrigues da Silva, de 82 anos, conheceu a LBV em Uberlândia e ingressou no Programa Vida Plena. Além de fazer uma nova família, por meio das atividades que participa, consegue a cada dia ter mais autonomia: “Eu melhorei bastante. Aqui faço caminhada, alongamento, atividade física e até capoeira que nem conhecia (risos). Aqui faço passeios, estou gostando demais. Eu usava andador e agora uso uma muleta somente para ter segurança”.

Dentre várias atividades que os idosos participam está a capoeira, que dentre os benefícios estão: aumento do reflexo, equilíbrio, flexibilidade, coordenação motora e melhora da capacidade cardiorrespiratória, entre outros.

Leilla Tonin

No auge de seus maravilhosos 82 anos, a dona Onofra Rodrigues Silva (em destaque) praticando capoeira e mostrando a superação de seus desafios físicos.

Devido aos problemas de saúde, o professor ensinava para ela movimentos diferenciados pensando em suas limitações e como a capoeira iria lhe trazer mais qualidade de vida.  “Hoje, o que ela falava que não dava conta ela já faz. Fazemos movimentos de chão, até para quem está iniciando é difícil e ela consegue fazer dentro de suas limitações. A Onofra de hoje não se comprara a Onofra de quando começamos a capoeira”, destacou o professor voluntário, Cleber Júlio de Barros.

Ficar em casa sozinha não faz parte mais da rotina da sra. Onofra. “Eu ficava em casa, não fazia nada, não saia para lugar algum, só em casa sentido dores por causa dos problemas de saúde. Agradeço por conhecer a LBV. Estou muito satisfeita. Aqui é muito gostoso, me tratam com carinho. Eu quase não andava, depois que comecei a capoeira, eu melhorei muito”.

Ledilaine Santana

Senhora Neiva Helena, atendida pela LBV.

A senhora Neiva Maria Lemos Leite, de 65 anos, foi visitar o Lar Alziro Zarur porque uma vizinha dela tem 2 irmãos atendidos na Instituição. Então, ela foi convidada para o programa Vida Plena e aceitou. “Eu adorei! Não saio mais. Eu trabalhei como acompanhante de idosos quando ficavam internados. Tenho trombose nas duas pernas, sinto dores demais. Depois que entrei neste programa acabaram as dores, não sinto mais nada. Tenho também artrose nos dois joelhos, não podia nem agachar e agora já posso, estou ótima! Enquanto tiver o programa, eu estarei aqui firme! Tem um ano que meu marido faleceu e este programa me ajudou demais. Foram momentos muito difíceis para mim. Quero ficar aqui o resto da minha vida. Estou feliz demais! Agradeço as pessoas que colaboram com a LBV”, ressaltou a atendida.

Trabalho diário

A história da dona Onofra reflete-se em muitos outros idosos que são atendidos pelos Programa Vida Plena, que é feito uma vez por semana, em paralelo ao atendimento diário dos idosos que residem no Lar da LBV em Uberlândia. 

Ledilaine Santana

A convite do SESC, parceiro da LBV, os idosos do Lar Alziro Zarur e do Programa Vida Plena visitaram todos os ambientes e conheceram a galeria de artes, em um passeio rico em conhecimento. 

Com a sua doação, esses jovens da melhor idade têm a possibilidade de frequentarem um local saudável e seguro, recebendo atenção, carinho e amor de uma equipe multidisciplinar focada na melhoria da qualidade de vida deles.

Até mesmo para quem não está enfrentando sérios problemas, este programa é interessante porque colabora também para a sustentação de uma qualidade de vida melhor. É o caso da senhora Anália Franco Gouveia, 71 anos: “Sinto Paz, alegria, gosto demais, é maravilhoso! Depois que comecei a participar do Vida Plena eu fiquei mais ativa, mudou muito a minha vida e me sinto melhor. A capoeira é muito boa. Eu achava que somente as pessoas novas podiam fazer capoeira, mas disseram que a gente conseguiria fazer também, então eu disse: vamos fazer! Agradeço muito às pessoas que ajudam a LBV porque eles merecem, aqui ajudam tanto os doentes quanto as pessoas sadias”.

LBV em Uberlândia

A Legião da Boa Vontade firmou raízes, em 28 de junho de 1961, no município mineiro, com a inauguração do Lar Alziro Zarur. A Unidade atende idosos a partir dos 60 anos, que sofrem em decorrência dos problemas sociais e estejam afastados de suas famílias ou em situação de risco pessoal. No local, são empreendidas diversas ações com o objetivo de preservar ou restabelecer os vínculos de origem dos atendidos.

Leilla Tonin

Uberlândia/MG — Com atendimento 24 horas por dia, a equipe da LBV (enfermeiros, cuidadores e fisioterapeuta) acompanham as necessidades de cada idoso, realizando atividades físicas, de mobilidade e assistência médica necessária. A LBV também encaminha os idosos, quando necessário, para especialistas e para exames laboratoriais. 

E em agosto de 2010, a LBV presenteou novamente a cidade com a construção do seu Centro Comunitário de Assistência Social. Na Unidade, são empreendidos programas e projetos que beneficiam diretamente crianças e adolescentes, que participam, no contraturno escolar, de atividades educativas e lúdicas na garantia dos seus direitos e também ajudando-os para que sejam protagonistas de suas próprias vidas.

Ledilaine Santana

Uberlândia/ MG - O presente da Legião da Boa Vontade é composto por itens de acordo com a faixa etária dos estudantes como estojo, lápis preto e de cor, canetas, borrachas, tesoura, tubos de cola, cadernos, mochila, dicionários de Português e de Inglês, entre outros itens.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Uberlândia/MG, o Lar Alziro Zarur da Legião da Boa Vontade está localizado na Rua Padre Pio, 1353 – Martins. Telefone: (34) 3292-0900. E o Centro Comunitário de Assistência Social está localizado na Rua Ângelo Testa, 417 - Osvaldo Rezende. Telefone: (34) 3292-0900.