Você está aqui

Ensino de música nas escolas: como construir uma prática de sucesso?

Como é comum em todas as escolas, assim que o sinal toca, o pátio é tomado pelos alunos, que se divertem no intervalo entre as aulas. Mas, no Instituto de Educação José de Paiva Netto*, localizado na capital paulista, uma trilha sonora se soma aos diálogos dos alunos e também chama a atenção.

Enquanto crianças e adolescentes brincam na extensa área arborizada da escola, dentro do Espaço Cultural Idalina Cecília de Paiva, localizado em meio aos jardins do local, alunos de 12 a 16 anos ensaiam músicas clássicas e populares. O Grupo de Instrumentistas Infantojuvenis Boa Vontade é composto por músicos mirins, que se dividem no estudo de flauta transversal, violino, violoncelo, viola e clarineta.

Leilla Tonin

São José dos Campos, SP — O programa LBV — Criança: Futuro no Presente! oferece um ambiente saudável e seguro, onde promove a participação, a autonomia e a busca por conhecimento. As atividades contemplam diversas oficinas lúdicas, a exemplo da Oficina de Musicalização.

A atividade é uma das formas com que a LBV inclui no currículo escolar o ensino de música. Mesmo antes de a legislação exigir, a Instituição já implantava a educação musical como componente curricular na formação dos alunos.

O professor Nilton Duarte, que rege o grupo de instrumentistas e o coro do Instituto de Educação José de Paiva Netto, explica que, "desde o berçário, a gente estimula as crianças através dos sons e também do visual. (...) Eu uso o violão, porque tem uma sequência de sons ao mesmo tempo; também uso a flauta doce, porque é um som apenas por nota".

Música desde o beçário

Com apenas alguns meses, as crianças já participam de exercícios para desenvolver a percepção musical. "O primeiro tipo de música que a gente mostra para as crianças é em forma de oração, que relaxa e acalma o ambiente: a Prece Ecumênica de Jesus, o Pai-Nosso. Depois, nós vamos para as brincadeiras, bater palma e bater o pé." Ele conta que a atividade proporciona a experiência de fazer música com os amigos em momentos de alegria, já trabalhando as noções rítmicas.

Vivian R. Ferreira
Desde cedo, o contato com a música é estimulado nos alunos da Legião da Boa Vontade.

"Depois, preparamos as crianças para a faixa do coral. Nesta etapa, apresentamos os instrumentos e noções de escalas, notas, agudos, graves", explicou o professor Nilton.

Metodologia do ensino de Música

Todo o ensino de música na Escola da LBV, bem como os demais conteúdos do currículo pedagógico, é pautado pela Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que formam a linha educacional inovadora, criada pelo educador Paiva Netto. A proposta pedagógica da LBV possui sua própria metodologia: o MAPREI (Método de Aprendizagem por Pesquisa Racional, Emocional e Intuitiva).

O método, que possui seis etapas, tem como objetivo desenvolver no aluno habilidades investigativas, racionais e intuitivas, por meio do incentivo à pesquisa e do aprofundamento de temas como fatores primordiais para a construção do conhecimento.

Tatiane Oliveira

A musicalização é uma atividade importante no currículo escolar dos alunos.

Para falar sobre ritmo e sons do corpo com crianças de 3 a 4 anos, por exemplo, a primeira etapa, Identificação do Conteúdo, pode revelar o assunto por meio de brincadeiras, com o apoio de fantoches para interagir e chamar a atenção das crianças para o tema. Na Busca Individual do Conhecimento, a criança apresenta para os colegas um som que consegue fazer com o corpo: bater palma, bater o pé, cantar etc.

Já na Socialização do Conhecimento, as crianças repetem o que um dos colegas começa a fazer, até que todos tenham feito os mesmos sons. A quarta etapa, Conclusão, reúne os sons em sequência, identificados pelo professor pelo nome: "Vamos bater palmas. Agora, vamos bater na perna". Na Apresentação de Resultados, quinta etapa, lembrar o que cada um fez no início da atividade, mostrando que todos contribuíram. Por fim, na Conclusão Individual, cada criança mostra aos colegas os sons que aprendeu.

_______________________
* Junto com a Supercreche Jesus, o Instituto de Educação José de Paiva Netto forma o Conjunto Educacional Boa Vontade.