Você está aqui

A cultura incentivando a vivência da cidadania

A atividade socioeducativa da LBV contou com uma abrangente aventura pela história da colonização do país.

Ellida Mariane

O educador Haroldo Francisco promove atividades para a conscientização das riquezas e tradições da cultura negra.

Nova Friburgo/RJ — A cultura com Espiritualidade Ecumênica promove o incentivo diário aos atendidos pela Legião da Boa Vontade (LBV), pois o conhecimento sobre a diversidade garante a prática do respeito, do desenvolvimento de seus talentos, além de aproximar as crianças e adolescentes de novas percepções diante do mundo.

Por isso, no Centro Comunitário de Assistência Social, a oficina de cidadania ecumênica abriu um espaço para os atendidos a favor da valorização da cultura afro-brasileira, mostrando a importância da igualdade para o país.

Na oportunidade, o educador Haroldo Francisco Vieira Teixeira ressaltou: “Eu costumo dizer para as crianças que um povo sem cultura é um povo sem força. Então, eu trabalhei muito a questão da valorização musical que o negro tem no nosso cenário, o samba é uma das maiores influências, falei das habilidades com a terra, sem falar no conhecimento agrícola, manual e artesanal. O objetivo principal dessa oficina é que eles tenham em mente que ser negro é uma condição de ser orgulho”.

Ellida Mariane

As crianças participaram de atividade socioeducativa sobre a valorização da cultura negra. 

A Praça das Colônias, espaço cultural da cidade, fez parte da programação especial da oficina. O município recebeu a primeira colônia suíça do continente e a primeira colônia alemã do Brasil.

Ellida Mariane

As crianças aprenderam a como colocar um turbante, símbolo da resistência e do empoderamento.

As crianças atendidas pela LBV embarcaram em uma aventura do conhecimento, onde resgataram a história da construção cultural do país e exploraram o mundo da diversidade para compreenderem o passado e, assim, buscarem no presente um futuro melhor.

O local dispõe dez ambientes direcionados a cada colônia, onde são realizadas exposições e debates abertos sobre arte, tradições e aspectos culturais.

“[Os atendidos] foram na sala do Japão e da África e ficaram surpreendidos com o que encontraram. Eles viajaram por esses países, conheceram objetos, vestimentas, a cultura dos locais e ficaram muito felizes. Para eles, isso foi muito importante, porque apesar de termos tanta bagagem cultural na nossa cidade, ainda é pouco explorada”, encerra o educador.

Haroldo Teixeira

As crianças realizaram uma visita à Praça das Colônias. Na ocasião, os atendidos aprenderam sobre a cultura japonesa e africana.

As crianças e adolescentes também aprenderam sobre seu papel de cidadão consciente diante da sociedade e a importância da vivência da inclusão e o respeito às diferenças.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Nova Friburgo, o Centro Comunitário de Assistência Social localiza-se na Rua Júlio Antônio Thurler, 04 – Olaria. Telefone para contato: (22) 2522-5078.